terça, 18 de junho de 2024
Euro 5.8306 Dólar 5.4426

FALTAM 10 RODADAS PARA O FIM: VEJA O CENÁRIO DO BAHIA NA SÉRIE A

Redação - 08/01/2021 07:33

O Campeonato Brasileiro vai se afunilando. A partir de agora, restam apenas dez rodadas para o fim da edição 2020. No Bahia, a meta continua sendo se livrar da zona de rebaixamento. E a situação tem ficado cada vez pior. Depois de perder para o Grêmio, por 2×1, quarta-feira, em Porto Alegre, o Esquadrão atingiu a sétima derrota seguida no campeonato. É a pior sequência da história do clube na competição desde que o torneio foi disputado pela primeira vez, em 1959. Para se ter uma ideia, a última vez que o tricolor conseguiu somar um pontinho no Brasileiro foi há quase dois meses, no dia 16 de novembro, quando venceu o Coritiba por 2×1, fora de casa.

Como consequência, o time baiano entrou na zona de rebaixamento na noite de quinta-feira (7), após empate do Vasco com o Atlético-GO por 0x0, em Goiânia. O time carioca foi a 29 pontos, um a mais que o Bahia, e tem um jogo a menos. Nos dez jogos que restam, o tricolor terá cinco em casa e cinco fora de Salvador. Além disso, serão pelo menos cinco confrontos diretos com equipes que também estão ameaçadas de queda. A começar por domingo, quando visita o Atlético-GO, às 18h15, em Goiânia. O Esquadrão pega ainda Sport (fora), Vasco (fora), Goiás (casa) e Fortaleza (fora), todos próximos na tabela. Completam a lista de adversários: Athletico-PR (casa), Corinthians, (casa), Fluminense (casa), Atlético-MG (fora) e Santos (casa).

Historicamente, a pontuação mágica que os clubes buscam para se livrar da Série B é de 45. Mas, pelo desempenho das equipes, é provável que o ponto de corte seja menor na atual edição. De acordo com os cálculos da Universidade de Minas Gerais (UFMG), a probabilidade de ser rebaixado com 43 pontos é de apenas 12%. Tomando esse número como base, o Bahia precisaria então conquistar mais 15 pontos dos 30 que ainda tem em disputa. Exemplo: vencer cinco dos dez jogos que restam. Ou ganhar quatro e empatar três. Já se o cenário for igual ao da temporada passada, a situação fica um pouco melhor para o tricolor. Em 2019, o Ceará conseguiu escapar com 39 pontos. Nesse caso, o Bahia precisaria de mais 11 pontos, ou três vitórias e dois empates.

“A convicção que eu tenho é que melhoramos de um jogo para outro e, essa busca de sair desse espaço em que estamos, passa por evolução. Nossa equipe jogou melhor, por detalhe o resultado não veio”, analisou o técnico Dado Cavalcanti após a derrota de 2×1 para o Grêmio, quarta.

Em declínio

Enquanto o Bahia tenta se reerguer na temporada, outros concorrentes diretos vivem situação semelhante. O Fortaleza, por exemplo, venceu apenas um dos nove jogos que fez no segundo turno. O time cearense tem a terceira pior campanha desta segunda metade do Brasileirão e ontem anunciou a demissão do técnico Marcelo Chamusca. Na reta final, o Fortaleza tem confrontos com Grêmio, Internacional, Santos e Palmeiras, times que brigam na parte de cima da tabela.

Por outro lado, o Goiás tem dado mostras de reação, com quatro vitórias e dois empates nos nove jogos do returno. Ex-lanterna, já tem 26 pontos, só dois a menos que o Bahia. No entanto, assim como o Fortaleza, a tabela do esmeraldino, em teoria, é mais complicada que a do tricolor. O Goiás enfrenta ainda equipes como Internacional, Flamengo, Santos e Atlético-MG.

As últimas 10 rodadas do Bahia no Brasileirão

  • 29ª rodada: Atlético-GO x Bahia – domingo (10), às 18h15, no Antônio Accioly
  • 31ª rodada: Bahia x Athletico-PR – 20/1, às 18h, na Fonte Nova
  • 32ª rodada: Sport x Bahia – 24/1, às 18h15, na Ilha do Retiro
  • 30ª rodada: Bahia x Corinthians – 28/1, às 19h, na Fonte Nova
  • 33ª rodada: Vasco x Bahia – 31/1, às 18h15, em São Januário
  • 34ª rodada: Bahia x Fluminense – a definir
  • 35ª rodada: Bahia x Goiás  – a definir
  • 36ª rodada: Atlético-MG x Bahia – a definir
  • 37ª rodada: Fortaleza x Bahia – a definir
  • 38ª rodada: Bahia x Santos – a definir

Foto: divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.