segunda, 22 de julho de 2024
Euro 6.114 Dólar 5.6094

SEM GANHAR HÁ TRÊS JOGOS, VITÓRIA RECEBE JUVENTUDE NO BARRADÃO

Redação - 15/12/2020 09:00 - Atualizado 15/12/2020

Depois de engatar uma sequência invicta com três vitórias e dois empates, e ensaiar uma reação na Série B, o Leão se vê, mais uma vez, acumulando resultados negativos. Já são três jogos sem ganhar, com um empate e duas derrotas. O atual momento ligou o sinal de alerta do rubro-negro, que se aproximou da zona de rebaixamento. A 10 rodadas do fim da competição, o Vitória é o 15º colocado, com 33 pontos. São apenas quatro a mais que o Paraná, time que abre o Z4. Já o G4 se mostra cada vez mais distante: a diferença é de 12 pontos para o Sampaio Corrêa, que ocupa o 4º lugar.

Nesta terça-feira (15), o time terá uma nova chance de se afastar do fim da tabela. E, se o cenário ajudar, pode terminar a rodada abrindo até sete pontos para a zona. Para isso, tem que fazer sua parte e derrotar o Juventude no Barradão. O jogo, válido pela 29ª rodada, começa às 21h30. Com o triunfo, o Leão chegaria aos 36 pontos. Depois, é a vez de ligar o secador em direção ao Náutico, que não pode ganhar da Chapecoense na Arena Condá, na quarta (16), e ao Paraná, que tem que perder para o CRB no Rei Pelé, na quinta-feira (17). Dessa forma, os times ficariam com, no máximo, 29 pontos.

O volante Matheus Frizzo salienta que a situação atual incomoda não só o torcedor, como todo o grupo de atletas. “Desde que cheguei no clube senti um time muito incomodado com a posição na tabela. Iniciamos uma recuperação, mas sofremos resultados negativos, isso complicou um pouco. Temos condições e vamos nos dedicar para honrar a camisa do Vitória da melhor forma possível”, afirmou.

Bater o Juventude, porém, promete ser uma missão difícil. A equipe gaúcha está em terceiro lugar e, além disso, sustenta uma invencibilidade de cinco jogos, com três empates e dois triunfos. Na última rodada, ganhou do Confiança por 1×0, em Aracaju. Fora dos seus domínios, o Juventude tem 48,7% de aproveitamento. Foram cinco vitórias, quatro empates e quatro derrotas longe de Caxias do Sul. Já o Leão tem rendimento praticamente igual como mandante: 48,9%. Quando recebeu rivais no Barradão, ganhou seis jogos, empatou quatro e perdeu cinco.

Histórico

Vitória e Juventude se enfrentaram 15 vezes em competições oficiais, entre a primeira divisão, Série B e Copa do Brasil. O time gaúcho leva vantagem nos encontros: venceu seis, contra três do Leão. Seis jogos terminaram empatados. Este ano, no primeiro turno, os times ficaram no 1×1 no Alfredo Jaconi. Analisando apenas os confrontos que tiveram o rubro-negro como mandante, são sete partidas, com duas vitórias para cada lado e três empates.

Foto: divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.