MAIA AFIRMA QUE PRÓXIMOS MESES SERÃO PESADOS PARA O GOVERNO

MAIA AFIRMA QUE PRÓXIMOS MESES SERÃO PESADOS PARA O GOVERNO

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (16) que os próximos três meses no Congresso Nacional terão um peso maior para o governo federal e a articulação rumo às eleições de 2022 do que o pleito municipal deste ano. Em palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), ele apontou que a força da gestão de Jair Bolsonaro à frente do Palácio do Planalto será conhecida depois do ciclo de votações no Congresso, protagonizado pela Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC Emergencial e o Orçamento de 2021.

Para o parlamentar, o governo federal vai ter de tomar decisões difíceis em votações que não são simples. Maia destacou principalmente a PEC emergencial. “São cortes e realocação de recursos do orçamento primário atual para o orçamento de 2021 para que se possa não só atender um programa de transferência de renda, mas possa, também, continuar olhando a necessária redução do déficit primário brasileiro.”

 

 

Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados