CAMPANHA: ATÉ AGORA, BRUNO REIS GASTOU QUASE O TRIPLO DOS OUTROS CANDIDATOS

CAMPANHA: ATÉ AGORA, BRUNO REIS GASTOU QUASE O TRIPLO DOS OUTROS CANDIDATOS

Faltando pouco mais de um mês para a decisão sobre quem será o novo gestor do Palácio Thomé de Souza, dados parciais das declarações feitas à Justiça Eleitoral mostram que o candidato a prefeito Bruno Reis (DEM) já gastou R$ 1.573.472,50 em despesas de campanha. O valor é quase o triplo de recursos utilizados por outros cinco concorrentes, que, juntos, consumiram R$ 541.156,59.

Até o momento, a maior parte do dinheiro do democrata — R$ 345,600,00 — custeou a produção de programas de rádio e TV. Ele concentra mais de 40% do tempo do horário eleitoral gratuito.

Na sequência, entre os prefeituráveis que mais gastaram com materiais de campanha, aparecem Major Denice Santiago (PT), com R$ 453.000,00; Olívia Santana (PCdoB), com R$ 34.600,00; Hilton Coelho (PSOL), com R$ 21.350,00; Bacelar (Podemos), com R$16.610,45; e Cezar leite (PRTB), com R$ 15.596,14.

Celsinho Cotrim (Pros) e Rodrigo Pereira (PCO) ainda não disponibilizaram informações sobre suas despesas.

As campanhas para prefeito estão autorizadas a desembolsar até o teto de R$ 16,722.661,99. O TSE alertou que o candidato que desrespeitar os limites de gastos pagará multa no valor que ultrapassar o teto e poderá responder por abuso do poder econômico, sob o risco de ter a candidatura, diplomação ou mandato cassado caso condenado.

Foto: Betto Jr.