“EM NOVEMBRO SABEREMOS SE PRESTA OU NÃO PRESTA”, DIZ RUI SOBRE A VACINA RUSSA

“EM NOVEMBRO SABEREMOS SE PRESTA OU NÃO PRESTA”, DIZ RUI SOBRE A VACINA RUSSA

O governador Rui Costa (PT) comentou nesta segunda-feira (28) sobre a vacina russa que o governo comprou contra a covid-19. O governador afirmou que se reuniu com representantes da Pfizer, que preveem para novembro o resultado sobre se a vacina funciona ou não. No encontro, a fabricante queria conversar com representantes dos estados do Nordeste sobre qual cota de vacina desejam comprar.

“Como nós ja haviamos supostos, a produção de vacina não terá essa velocidade para vacinar toda humanidade de uma vez. Estão prevendo que no máximo conseguirão produzir para o ano de 2021 1,2 bilhão de doses. A população mundial é de 7 bi. Ou seja, vacinaríamos 20% da população. Se tivermos uma segunda vacina podemos talvez projetar 40% vacinados”, considerou. “Não vai ser na velocidade que esperávemos”.

Para tentar agilizar o processo, o melhor será ter várias vacinas, afirmou Rui. “Espero que tenhamos paralelamente 3, 4 vacinas sendo certificadas, sendo autorizadas, e com isso teríamos a chance ainda em 2021 vacinar toda população”, diz. Ele falou também sobre negociação com ucranianos para a fábrica de insulina que será instalada em Dias D’Ávila. “Até dezembro vamos ter toda documentação assinada. No máximo até junho terá o projeto executivo pronto”, disse, lembrando que o medicamento será negociado para todo Brasil.

Foto: divulgação