REPRESENTANTE ESPANHOL DA NETFLIX ADMITE OFENSA NO ESPECIAL DE NATAL

REPRESENTANTE ESPANHOL DA NETFLIX ADMITE OFENSA NO ESPECIAL DE NATAL

Um representante legal da Netflix, na Espanha, reconheceu em depoimento à Justiça espanhola que o filme “A Primeira Tentação de Cristo” ofende os cristãos. A obra produzida pela produtora Porta dos Fundos fez parte do catálogo especial de Natal da plataforma de streaming.

No filme, Jesus aparece como homossexual e a sua mãe, Maria, como prostituta. A Associação de Advogados Cristãos apresentou na Espanha uma denúncia que foi admitida e está em tramitação em um tribunal de Madri. A organização de juristas apresentou denúncia considerando que a plataforma cometeu crime contra os sentimentos religiosos na forma de escárnio, tipificado no Código Penal.

Um representante legal da Netflix prestou depoimento à Justiça espanhola no dia 9 de setembro. Ao ser perguntado pela Associação de Advogados Cristãos se a plataforma transmite filmes que possam ofender outras religiões ou grupos no mesmo grau, o representante da Netflix garantiu não transmitirem este tipo de conteúdo.

A denúncia aguarda a resolução do juiz que decidirá se abre ou não o julgamento oral e o julgamento.

Foto: Instagram