PROFISSIONAIS COMEMORAM CRIAÇÃO DE POLO INÉDITO EM SALVADOR

PROFISSIONAIS COMEMORAM CRIAÇÃO DE POLO INÉDITO EM SALVADOR

A notícia de que Salvador vai ganhar um inédito Polo de Economia Criativa, denominado de Doca 1, no Comércio, trouxe ânimo e euforia aos profissionais e atores sociais que atuam em diversas áreas do segmento da economia criativa. A esperança é de um futuro promissor, com a valorização de tudo aquilo que a cidade tem de melhor na cultura, na criatividade e em todo o capital intelectual do seu povo.

“Salvador é um celeiro da economia criativa e acho que, com o Doca 1, será possível dar visibilidade a todo esse movimento e caldeirão cultural que vêm acontecendo, de forma que isso seja estruturado com ações formativas”, avalia a produtora e sócia-diretora da empresa Janela do Mundo, Cláudia Lima.

O Doca 1 faz parte das 101 ações que integram o plano de estímulo à economia da Prefeitura nesse momento de crise provocada pelo novo coronavírus. O espaço, que será implantado em parceria com a iniciativa privada e com o apoio do Sebrae, vai promover o crescimento de pequenos empreendedores criativos e gerar aproximação entre diferentes agentes ligados à cultura, música, entretenimento, design, mídia e conteúdos digitais.

“O polo virá para que essas linguagens conversem junto à tecnologia, dando oportunidade de difusão de nossa cultura para outros territórios, quem sabe até coproduções nacionais e internacionais”, acrescenta Cláudia.

Funcionamento – O Doca 1 terá 2.468 m² de área e pelo menos 40 empresas criativas poderão conviver em uma rede de espaços compartilhados. No local acontecerão cursos, oficinas, consultorias e eventos. Além disso, o equipamento também vai contar com diversos curadores de áreas distintas, espaço gastronômico, estúdios, ateliês, restaurante escola, uma praça de eventos e loja conceito.

Para a estilista Márcia Ganem, a construção do Doca 1, que deve entrar em operação plena em junho de 2021, vai marcar o início de uma nova história na capital baiana. “A economia criativa da cidade precisava de um equipamento como esse, que proporcionará sustentabilidade aliada a tecnologias que estarão comprometidas com o desenvolvimento social e equilíbrio ecológico”.

A construção do Polo de Economia Criativa foi anunciada pela Prefeitura há dois dias e faz parte de um pacote de estímulos para o setor criativo da cidade dentr do plano de fortalecimento da economia. Somente para este segmento, serão investidos R$32 milhões, R$9 milhões apenas no Doca 1. As medidas na área criativa também preveem lançamento de editais emergenciais, programa de desenvolvimento profissional de jovens empreendedores, intervenções urbanas, equipamentos culturais e criação de ações estruturantes com impacto de médio e longo prazo.

 

Foto: Divulgação/ Secom Salvador