EXCLUSIVO: ÚLTIMO BANCO BAIANO É VENDIDO

EXCLUSIVO: ÚLTIMO BANCO BAIANO É VENDIDO

Tradicionalmente vinculada à atividade financeira e bancária, sediando grandes bancos como o Banco da Bahia e o Banco Econômico, a Bahia acaba de vender o último dos seus bancos, em mais um processo de alienação a favor de empresas do Sudeste do país.

Localizado na Av. Estado Unidos, o Banco Capital da família Cunha Guedes foi vendido ao Social Bank, localizado em Uberlândia, Minas Gerais, e que passará a deter 100% das ações da empresa. O contrato de compra e venda foi assinado em fevereiro de 2020 e sua aprovação depende apenas de aprovação pelo Banco Central.

 O tradicional Banco Nacional da Bahia, que mudou a razão social em 1995 para Banco Capital, foi fundado em 1965 sucedendo à Casa Bancária Gorges Ltda e em 1968 foi adquirido, na sua totalidade, pelo Grupo Cunha Guedes. Os antigos proprietários do Banco Capital controlam outras empresas como as concessionárias Guebor e Revisa.

O Social Bank é uma fintech que tem entre seus sócios o bilionário  Carlos Wizard. O Social Cash atua como uma sociedade de empréstimos entre pessoas.