EUROPA VAI BARRAR BRASILEIROS APÓS REABRIR FRONTEIRAS

EUROPA VAI BARRAR BRASILEIROS APÓS REABRIR  FRONTEIRAS

Foi confirmado oficialmente nesta terça-feira, 30, que residentes do Brasil e Estados Unidos serão barrados após a reabertura das fronteiras externas da União Europeia, no dia 1º de julho, após mais de três meses fechadas. De acordo com O Globo, o processo de reabertura será gradual e contemplará, inicialmente, apenas a visita de pessoas oriundas de um grupo de 14 países que conseguiram controlar a pandemia da Covid-19 em seus territórios.

Os países selecionados são: Argélia, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Japão, Geórgia, Marrocos, Montenegro, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Tailândia, Tunísia e Uruguai. Segundo o site, a China teria o ingresso permitido, porém a reciprocidade é uma das condições exigidas por Bruxelas, mas Pequim ainda precisa liberar a entrada de europeus em seu território.

Alguns dos maiores visitantes estrangeiros do bloco, brasileiros, americanos, indianos e russos continuarão vetados, pois não se enquadram nos três critérios traçados pelos europeus: tendência de contágio estável ou decrescente; respeito aos critérios internacionais de testagem, vigilância, contenção e rastreio de novos casos; e número de casos por 100 mil habitantes seja inferior à média europeia no dia 15 de junho.

Foto: Carl DE SOUZA / AFP