MARCELO ODEBRECHT DIVULGA CONVERSAS PRIVADAS COM A MÃE PARA PROVAR QUE SEU PAI QUER DEIXÁ-LO DEPENDENTE

MARCELO ODEBRECHT DIVULGA CONVERSAS PRIVADAS COM A MÃE PARA PROVAR QUE SEU PAI QUER DEIXÁ-LO DEPENDENTE

O empresário Marcelo Odebrecht tornou pública a briga na qual está envolvido com seu pai, Emílio Odebrecht e com a família. Após ter seus bens bloqueados e o  grupo Odebrecht contestar judicialmente pagamentos feitos a ele, Marcelo divulgou mensagens e telefonemas que trocou com sua mãe. O empresário não fala com o pai, Emílio Odebrecht.

Em uma das mensagens que a mãe enviou a Marcelo ela diz que o pai “reitera que vocês não deixarão de ter o suporte financeiro de seus pais”. Ele usou essa frase e a mensagem em uma petição anexada no processo em que afirma afirma que ela seria um indício de que Emílio “visava a deixar o réu [Marcelo] financeiramente dependente”.

Marcelo divulgou também uma ligação telefônica com a mãe, após o bloqueio dos bens em que ela diz:  ‘Você agora concorda em conversar com seu pai?’.” Os advogados de Marcelo afirmam que essas palavras seriam uma prova de que as atitudes da empresa eram retaliação de Emilio contra Marcelo.

“Esta ação anulatória é apenas mais uma cena da perseguição que Emílio Odebrecht realiza contra o réu, com o intuito de torná-lo refém de suas vontades, infelizmente, valendo-se das empresas do Grupo Odebrecht para isso”, afirmam os advogados na petição.

Pessoas próximas da empresa dizem que Marcelo não estava interessado em tornar público detalhes familiares que não têm relação com a ação movida pela Odebrecht e que corre sem sigilo de Justiça. A empresa entrou com o processo para que Marcelo devolva R$ 52 milhões, que foram pagos como uma espécie de prêmio por performance. O grupo diz que o montante foi aprovado após Marcelo coagir executivos da companhia enquanto estava preso em Curitiba e negociando fatos de seu acordo de delação premiada. Com informações da Folha de São Paulo.