MARCELLO NOVAES FALA SOBRE A QUARENTENA COM OS FILHOS

MARCELLO NOVAES FALA SOBRE A QUARENTENA COM OS FILHOS

Marcello Novaes está há cerca de cem dias isolado no seu sítio, na Região Serrana do Rio de Janeiro, ao lado dos filhos, Diogo e Pedro. Ele diz que, neste período, tem refletido bastante sobre o futuro. – É um momento de olhar mais para dentro de nós mesmos. Eu descobri, por exemplo, que preciso de muito menos do que achava que precisava para ser feliz – diz o ator, de 57 anos.

Apesar da tristeza pelas mortes durante a pandemia e pela distância dos pais e amigos, Novaes conta que tem encontrado conforto na vida no campo: – Não estou sentindo a menor falta da cidade. Venho para o sítio há cerca de 43 anos e tenho o plano de um dia morar aqui. Estou achando que isso vai acabar acontecendo muito antes do que imaginava. Os dias são de paz. Nós plantamos os nossos alimentos, todos orgânicos, fazemos trilhas, caminhadas…

Solteiro, ele aproveita também para curtir a companhia dos filhos: – Apesar de os dois morarem comigo, havia anos que não passávamos tanto tempo juntos. Tem sido muito bom. De noite, assistimos a filmes, jogamos baralho… Estamos sempre inventando algo novo. O noticiário eu tento ver apenas uma vez a cada dia, porque são duas tristezas ao mesmo tempo: a pandemia e a política brasileira.

Antes da quarentena, ele estava se preparando para as gravações de “Malhação: Transformação”, que acabou adiada para o ano que vem. – Eu já estava pronto para gravar. Um dia antes do combinado foi tudo paralisado. Ainda não sabemos exatamente quando vamos voltar. Fui convidado para fazer 70 capítulos da novela. Além disso, estava rodando o filme “A cerca”, dirigido pelo Rogério Gomes. Ficaram faltando duas cenas para terminarmos o projeto. Foi uma grande frustração.

(Foto: Arquivo pessoal)