SÃO PAULO ANUNCIA REABERTURA GRADUAL EM JUNHO

SÃO PAULO ANUNCIA REABERTURA GRADUAL EM JUNHO

O governo de São Paulo prorrogou a quarentena para o estado de uma maneira geral até 15 de junho, mas com uma mudança: a reabertura gradual em regiões específicas. O modelo foi apresentado pelo governador João Dória, que chamou a mudança de “retomada consciente.” As informações são do Terra. De acordo com o gesotr, a retomada será dada nas cidades que tiverem redução consistente no número de casos, disponibilidade de leitos hospitalares e nas que obedecerem o distanciamento social, cujo percentual adotado como satisfatório é de 55%.O uso de máscaras continuará sendo obrigatório.

“O vírus afetou fortemente a economia do Brasil e do Estado que lidera a economia do Brasil. Mantivemos 74% das atividades em funcionamento no Estado”, disse o governador.”A nova fase do Plano São Paulo não é um relaxamento, mas um ajuste fino de acordo com as necessidades regionais. E temos dados técnicos para garantir essa retomada segura”, argumenta.

A reabertura projetada pelo governo paulista terá cinco fases: funcionamento apenas de serviços essenciais; abertura controlada de shoppings centers, comércio, imobiliárias e concessionárias; voltam a funcionar salões de beleza e bares e restaurantes; academias reabrem e, por último, toda a economia funciona de forma controlada, incluindo eventos esportivos, cinemas e teatros.

 

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil