GOVERNADOR CRITICA SÉRGIO MORO E DIZ QUE ELE TEM DE SER INVESTIGADO TANTO QUANTO BOLSONARO

GOVERNADOR CRITICA SÉRGIO MORO E DIZ QUE ELE TEM DE SER INVESTIGADO TANTO QUANTO BOLSONARO

O governador da Bahia, Rui Costa, fez uma forte crítica ao ex-ministro Sérgio Moro na  entrevista que deu a rede CNN Brasil, nesta quarta-feira, 29. Ao ser indagado sobre a interferência do Presidente Bolsonaro na Polícia Federal, denunciada pelo ex-ministro, Rui disse que isso precisa ser investigado, mas que também tem enorme gravidade a confissão de Moro de que pediu vantagens para ser nomeado ao ministério.

Segundo o governador da Bahia, o ex-ministro teria pedido uma pensão caso saísse do ministério, algo que , segundo ele, não está previsto em qualquer lei. O governador também criticou o Moro por ter, segundo Bolsonaro, aceitado a troca na Polícia Federal se lhe fosse garantida a vaga no STF. Ambos tem de ser investigados. Segundo ele, são comportamentos que não teriam nada de republicano ou ético.