ACM NETO ACUSA ALADILCE DE CALÚNIA E DIFAMAÇÃO; MP-BA ACOLHE DENÚNCIA

ACM NETO ACUSA ALADILCE DE CALÚNIA E DIFAMAÇÃO; MP-BA ACOLHE DENÚNCIA

O prefeito ACM Neto (DEM) entrou com uma queixa-crime contra a vereadora Aladilce Souza (PCdoB), por ter cometido, segundo a acusação, crimes de calúnia e difamação ao publicar conteúdo sobre ele em uma rede social. A denúncia foi acolhida pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), dando lugar a uma ação penal que tramita na 4ª Vara Criminal de Salvador. Aladilce teria publicado no Facebook uma imagem de ACM Neto e afirmou que foram desviados R$ 10 milhões da saúde municipal. Na mesma postagem, a vereadora teria dito que havia um esquema de corrupção na Prefeitura de Salvador.

“Corrupção na prefeitura de Salvador (8 milhões em contratos superfaturados na Sec. De Saúde; 2 milhões em contratações fictícias; 3 unidades de saúde afetadas; 10 mandados de busca e apreensão pela Polícia Federal; 0 pronunciamento do prefeito), acrescentando a seguinte indagação: “ACM NETO, CADÊ OS 10 MILHÕES DESVIADOS DA SAÚDE? #netocadêodinheirodasaúde”, dizia publicação da vereadora.

 

Foto: Reprodução/Montagem/ Varela Notícias