segunda, 15 de julho de 2024
Euro 5.9256 Dólar 5.4292

BOLSONARO NÃO CULPA PORTEIRO POR CITAÇÃO NO CASO MARIELLE

Redação - 31/10/2019 11:50

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, em postagem nas redes sociais, ontem (30), que o porteiro do condomínio onde tem casa no Rio de Janeiro é “aquele que tem menos culpa” quanto à citação de seu nome no caso Marielle Franco (PSOL). Na publicação, Bolsonaro anexou uma foto de um despacho da Advocacia-Geral da União pedindo à Procuradoria-Geral da União que apure a divulgação de informações no inquérito sobre a morte da vereadora.

No documento, o ministro André Mendonça destacou que houve vazamento em investigação sob segredo de Justiça, “com possível envolvimento de agentes públicos neste ilícito”, o que caracterizaria improbidade administrativa. O ofício também fala em ofensa à Lei de Segurança Nacional, que pune com reclusão de um a quatro anos os crimes de calúnia e difamação da figura do presidente da República.

Segundo Bolsonaro, o porteiro é quem menos tem culpa “nesse novo crime”, em referência ao vazamento e a uma possível infração à Lei de Segurança Nacional. Ele também afirmou que “muitas autoridades tiveram acesso a um processo que corria em segredo de Justiça”. “Por ser uma pessoa humilde, pode ter sido induzido a assinar o depoimento”, escreveu.

Foto : José Dias/PR

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.