terça, 28 de maio de 2024
Euro 5.6328 Dólar 5.1736

EVENTOS DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA SÃO DISCUTIDOS NA CÂMARA

Redação - 15/10/2019 15:42

Atividades relacionadas ao Mês da Consciência Negra, na Câmara Municipal de Salvador, foram discutidas por representantes do Coletivo Nacional de Organização Negra (Connegro) e o 1º vice-presidente da Casa Legislativa, vereador Kiki Bispo (PTB), em reunião no Salão Nobre, na tarde desta segunda-feira (14). A entidade pediu apoio para a realização de sessão especial no Plenário Cosme de Farias e para a promoção de outros debates no Centro de Cultura com o tema “Essa cidade é nossa”.

No dia 18 de novembro serão iniciadas as atividades com o lançamento do projeto, em parceria com a Fundação Ulysses Guimarães. No dia 19, acontecerá o manifesto “Essa cidade é nossa”. Em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, será realizado o 1º Congresso do MDB Afro.

As propostas de debate na Câmara sobre o tema racial no mês da consciência negra foram vistas como “importantíssimas” pelo vereador Kiki Bispo, que ainda sugeriu que o Connegro utilize a Tribuna Popular da Casa Legislativa para dar início às discussões.
Representando a Câmara, o legislador colocou o mandato à disposição do coletivo para promover o debate sobre o tema racial. “Ainda precisamos quebrar muitas barreiras impostas pelo preconceito. Numa cidade com mais de 82% da população negra, temos muito o que avançar em relação ocupação de espaços e empoderamento.  Vamos levantar o tema de forma, transparente, apartidária, mostrar que não estamos pedindo favor a ninguém e lutando para que as políticas públicas continuem a ser implementadas para reparar as desigualdades históricas”, declarou.

Para o presidente do Connegro, Nestor Neto, a intenção é envolver a comunidade negra da primeira capital do país. “Nós estamos aqui porque acreditamos que esses espaços são nossos. A escolha do nome do vereador Kiki Bispo para representar esse projeto não foi aleatória. É um mandato de um negro, comprometido com as causas populares. Estamos propondo para a cidade essa agenda para que os negros de Salvador se sintam representados e capacitados para discutir as nossas principais pautas”, afirmou.

*Foto: Reprodução| BNews

 

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.