domingo, 19 de maio de 2024
Euro 5.5588 Dólar 5.1377

ARMANDO AVENA:A GERAÇÃO DE EMPREGO COMEÇA A CRESCER NA BAHIA

Redação - 30/09/2019 09:00 - Atualizado 17/02/2020

Ainda que lentamente, a economia baiana vem reagindo e os sinais registrados no mercado de emprego com carteira assinada são significativos. Entre janeiro e agosto de 2019, a Bahia gerou 32,6 mil novos postos de trabalho com carteira assinada, quatro vezes mais do que gerou no mesmo período do ano passado. É um número semelhantes ao verificado entre 2012 e 2014, mas ainda é bastante inferior ao desempenho do mercado de trabalho em 2011, quando a Bahia criou mais de 70 mil empregos com carteira assinada, no mesmo período.  E o melhor é que o número estabelece uma tendência, como se pode ver no quadro abaixo.

É importante ressaltar que 40% dos empregos com carteira assinada gerados na Bahia entre janeiro e agosto deste ano tiveram origem  no setor da construção civil, que, neste momento, é o setor que lidera a retomada no mercado de emprego. Mas todos os demais setores, com exceção da atividade comercial, registraram saldos positivos na criação de empregos. O setor serviços surpreendeu criando quase 10 mil novos empregos e também foi expressivo a contratação nos setores industrial e agropecuário. No entanto,  a economia baiano ainda se recupera de forma lenta, especialmente por conta do varejo onde as vendas crescem lentamente e o setor continua demitindo.O varejo dispensou quase 3 mil empregados com carteira assinada nos 8 primeiros meses do ano, refletindo não só a taxa de desemprego que permanece altíssima, mas também as transformações no setor, que procura aumentar a produtividade reduzindo a mão-de-obra alocada. Os dados são do Ceged e mostram que, embora lentamente, a economia baiana está retomando os negócios. (30/09/2019)

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.