segunda, 20 de maio de 2024
Euro 5.5588 Dólar 5.1035

ADEMÁRIO DEVE CONSOLIDAR VITÓRIA PARA PRESIDENTE DO PT DE SALVADOR

Redação - 17/09/2019 11:50 - Atualizado 17/09/2019

Marcado para o próximo domingo (22), o segundo turno da eleição para a presidência do diretório de Salvador do PT deve consagrar a vantagem obtida por Ademário Costa sobre o atual presidente, Gilmar Santiago, no primeiro turno. Nos bastidores, a vitória é dada como certa por fontes ouvidas, mesmo com a manobra sofrida por Ademário, após uma urna extra não ter sido aberta.

Com mais de 49% dos votos, Ademário ganhou em 10 das 20 zonais; por sua vez, Gilmar elegeu 5, e tem 5 no segundo turno. Além disso, o primeiro elegeu 21 membros dos 44 da chapa e, para fazer maioria, ele só precisa do apoio de um dos dois candidatos que disputaram o primeiro turno e perderam, Walter Takemoto ou Edenice Santana. Diferente da eleição para presidente, a escolha do vice-presidente não é feita através do PED (Processo de Eleições Diretas), mas no diretório. Caso Ademário Costa consiga o apoio de Takemoto ou Edenice, ele garante maioria interna e elege seu vice-presidente.

A disputa pelo comando da sigla em Salvador tem sido considerada importante para a sucessão na presidência do PT na Bahia, em outubro. São 400 delegados que vão escolher o sucessor de Everaldo. Só que os delegados são definidos a partir da quantidade votos obtidos nas eleições dos diretórios municipais. Por exemplo, se os apoiadores de Éden Valadares conquistarem 40% dos votos no estado, ele terá 40% do total de delegados. Para chefe do PT na Bahia, Ademário e Solla apoiam Elen Coutinho,que também pediu na semana passada unidade na sigla.  “Temos que sair desse PED (Processo de Eleições Diretas) com o PT fortalecido, afirmar uma nova forma de gerir coletivamente o PT, o compromisso com a nossa base partidária, reconstruir as relações de confiança e a democracia interna”, declarou.

Nos corredores da agremiação, há rumores de que pode haver um acordo. O mandato de presidente do PT-BA dura quatro anos. Pelo possível pacto, Eden comandaria a sigla por dois anos, e Elen administraria a legenda nos dois anos seguintes. Em terceiro lugar na eleição soteropolitana, ficou Dani Ferreira com 231 votos (8,4%). Em seguida, Walter Takemoto com 101 votos (3,7%) e Edenice Santana: 90 votos (3,3%). A previsão é que o segundo turno da eleição interna ocorra no final de setembro, provavelmente, no dia 29. No entanto, Ademário reclama do resultado.

Foto: Reprodução Tribuna

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.