IBGE ABRE CONCURSO COM 209 VAGAS TEMPORÁRIAS

IBGE ABRE CONCURSO COM 209 VAGAS TEMPORÁRIAS

Nesta terça-feira (21) foi liberado o edital de abertura das inscrições do novo concurso público do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que conta com 209 vagas temporárias. Dentre elas 4 são para o cargo de agente censitário municipal, 25 para agente censitário supervisor e 180 para recenseador. As inscrições podem ser realizadas a partir de amanhã (22) e vão até 9 de junho, poderão ser feitas somente pela internet no site www.ibade.org.br.

É necessário que os candidatos efetuem o pagamento da taxa, pela Guia de Recolhimento da União (GRU) nas agências do Banco do Brasil. As taxas são de R$ 25 para recenseador e R$ 42,50 para os agentes. O pagamento poderá ser feito até o dia 10 de junho.

Para o cargo de recenseador, é necessário que os interessados possuam ensino fundamental, a remuneração será variável de acordo com a produtividade e a jornada mínima recomendável é de 25 horas semanais. Para agente censitário supervisor, a exigência é de ensino médio, com salário inicial de R$ 1.700, para jornada de 40 horas semanais. Para agente censitário municipal, exigência de ensino médio, com inicial de R$ 2.100, também com jornada de 40 horas semanais.

Para todos os cargos, o interessado não deve ter sido contratado como temporário do IBGE nos últimos 24 meses. Além disso, os contratados atuarão no Censo Experimental, tendo como duração de contrato até dois meses para os recenseadores e até seis meses para os agentes censitários, renováveis a cada 30 dias.

As provas objetivas estão marcadas para ocorrer em 21 de julho, às 13 horas, com duração de quatro.

Serão 50 questões para recenseador, sendo 15 de língua portuguesa, dez de matemática e 25 de conhecimentos técnicos, além disso, os aprovados serão submetidos a um treinamento específico. Para os agentes serão 60, incluindo 15 de língua portuguesa, dez de raciocínio lógico, 15 de noções de administração geral/ situações gerenciais e 20 de conhecimentos técnicos.