MANIFESTANTES JÁ OCUPAM A AVENIDA PAULISTA CONTRA CORTES NA EDUCAÇÃO

MANIFESTANTES JÁ OCUPAM A AVENIDA PAULISTA CONTRA CORTES NA EDUCAÇÃO

Manifestantes contra os cortes do governo Jair Bolsonaro (PSL) na educação básica e no ensino superior ocupam a Avenida Paulista na tarde desta quarta-feira, 15. A Polícia Militar espera ao menos 10 mil manifestantes na Paulista. O número foi passado em uma reunião ocorrida na sexta-feira, 10, entre integrantes da APEOESP e agentes da CET, da GCM e da PM, na sede do 11° Batalhão da PM, na Rua Vergueiro. “O combinado é que uma das pistas da Paulista seguisse livre, mas a gente sabe como é, é difícil manter o controle.

A CET já bloqueou o trânsito da Paulista e os agentes da Rocam (os PMs de moto) estão ajudando a organizar o transito, disse o capitão da PM Roberto Adashi, oficial que lidera o acompanhamento da operação. Segundo Adashi, já está acordado que a passeata contra o presidente seguirá até a assembleia legislativa paulista.

Jovens com uniforme da escola, camisetas da Universidade em que estudam e pessoas usando adesivos com frases “eu luto pela educação” e “livros sim, armas não” já tomam parte das calçadas da avenida Paulista no início da tarde desta quarta-feira, 15. Eles caminham para a concentração do ato em defesa da educação no Masp.