NOTÍCIAS FALSAS E MITOS SOBRE O CÂNCER CONFUNDEM E ATRAPALHAM O DIAGNÓSTICO E O TRATAMENTO DA DOENÇA

NOTÍCIAS FALSAS E MITOS SOBRE O CÂNCER CONFUNDEM E ATRAPALHAM O DIAGNÓSTICO E O TRATAMENTO DA DOENÇA

Um a cada cinco homens e uma a cada seis mulheres irão desenvolver câncer ao longo da vida. A informação é resultado de um estudo liderado pela International Agency for Research on Cancer, o GLOBOCAN 2018. Só no Brasil, segundo levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA), 600 mil brasileiros deverão receber o diagnóstico da doença ainda neste ano. Diante destes números, é natural que as pessoas tenham muitas preocupações em relação à doença, porém este receio faz com que o câncer seja um tema sempre atrelado a mitos. Atualmente, ferramentas de busca online e compartilhamento de mensagens por aplicativos são verdadeiros proliferadores das chamados fake news da saúde e, a única forma de combater notícias sem embasamento científico, é munindo as pessoas com informação. A conscientização sobre o câncer é a melhor ferramenta para o combate e diagnóstico precoce de tumores malignos. Para ajudar nesta missão, especialista do NOB (Núcleo de Oncologia da Bahia) / Grupo Oncoclinicas esclarece uma série de mitos sobre a doença.