CLIMA DEVE FAZER PRODUÇÃO DE SOJA NA BAHIA CAIR 20% EM 2019. MAIOR QUEDA DO PAÍS

CLIMA DEVE FAZER PRODUÇÃO DE SOJA NA BAHIA CAIR 20% EM 2019. MAIOR QUEDA DO PAÍS

Segundo informações do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), realizado mensalmente pelo IBGE, a primeira estimativa para a safra de soja na Bahia, em 2019, ficou em 4,9 milhões de toneladas, indicando uma queda de 20,8% (-1,3 milhão de toneladas) em relação à produção recorde de 2018 (6,2 milhões de toneladas). É a maior redução percentual entre os estados produtores, resultado de uma estimativa de rendimento médio 22,8% menor que o verificado no ano passado: 3.015 kg/ha em 2019 frente a 3.903 kg/ha em 2018.

No país como um todo, a estimativa da produção de soja em 2019 é de 114,7 milhões de toneladas e está 2,6% abaixo da safra de 2018 (117,8 milhões toneladas), redução que também deve ser consequência de uma queda (-4,6%) no rendimento médio (de 3.378 kg/ha para 3.224 kg/ha). Os problemas climáticos na atual safra têm se mostrado, em geral, mais intensos que em 2018, com falta de chuvas em algumas regiões produtoras.

As lavouras plantadas antecipadamente sofreram mais, tendo a seca ocorrido nas fases mais sensíveis, como o florescimento e o preenchimento dos grãos. As lavouras plantadas mais tardiamente parecem ter suportado melhor o período seco. Por isso, apenas com o término da colheita, pode-se ter segurança quanto à extensão das perdas de produtividade da soja em decorrência do clima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.