PSL BAIANO NÃO PRESTA CONTAS E TEM REGISTRO SUSPENSO

PSL BAIANO NÃO PRESTA CONTAS E TEM REGISTRO SUSPENSO

O PSL da Bahia, mesmo partido do presidenciável Jair Bolsonaro, não prestou contas relativas a 2017 e teve seu registro suspenso. No estado, o PSL é presidido pela Bahia pela deputada federal eleita Dayane Pimentel. O desembargador Jutahy Júnior, do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), foi responsável pela suspensão.

“[…] julgo NÃO PRESTADAS as contas do PSL relativas ao exercício financeiro de 2017, com fundamento no artigo 46, IV, “a” da supracitada Resolução do TSE, com a aplicação da sanção da perda do direito ao recebimento de recursos oriundos do Fundo Partidário, enquanto não for regularizada a situação do partido político, bem como a sanção de suspensão do registro ou anotação do órgão partidário, nos termos prescritos no artigo 48 do mesmo diploma legal”, escreveu o magistrado na setença publicada nesta quinta-feira (18).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.