CORREGEDORIA INVESTIGA TJ/BA POR COMPRA DE KITS DE CLAREAMENTO DENTÁRIO

CORREGEDORIA INVESTIGA TJ/BA POR COMPRA DE KITS DE CLAREAMENTO DENTÁRIO

A compra de kits de clareamento dentários para magistrados e servidores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/Ba) será alvo de investigações da corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A informação é do Jornal O Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, o ministro Humberto Martins determinou a instauração de um “pedido de providências” para levantar informações sobre o caso e recomendou à Corte a suspensão dos atos relacionados ao processamento da aquisição dos estojos.

Apenas para se ter uma ideia da situação, o kit de clareamento dentário de três dos beneficiados pela iniciativa tem custo estimado em R$ 38.700. Os servidores e juízes, porém, poderiam ter acesso ao serviço através dos planos de saúde Planserv, Unimed ou Sulamerica, com desconto na folha de pagamento.

O Estadão entrou em contato com a reportagem do estadão, com nota de seguinte conetúdo: “todos os materiais necessários para o atendimento odontológico do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia constam no Edital, em anexo. Mais de 8.000(oito mil) servidores, incluindo os magistrados são beneficiados pelo serviço com base na Resolução nº 207 de 15/10/2015 do CNJ- Conselho Nacional de Justiça, que instituiu a Política de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário”.

O desembargador Gesivaldo Britto, presidente do Tribunal de Justiça, foi oficiado para prestar informações sobre o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.