INFLAÇÃO BATE 4,48% NOS ÚLTIMOS 12 MESES; CONTA DE LUZ PUXOU O ÍNDICE

INFLAÇÃO BATE 4,48% NOS ÚLTIMOS 12 MESES; CONTA DE LUZ PUXOU O ÍNDICE

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o acumulado dos últimos doze meses encerrados em julho em 4,48%, acima dos 4,39% dos 12 meses anteriores. Embora a inflação captada pelo índice tenha acelerado, o IPCA ainda opera dentro  da meta central do Banco Central, que é de 4,5% para o ano. No acumulado nos 7 primeiros meses do ano, a alta é de 2,94%. As informações foram divulgadas na tarde de hoje (8), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da aceleração de preços ter sido relativamente suave, o resultado do IPCA veio um pouco acima do esperado. Pesquisa da Reuters apontou que a expectativa de analistas era de alta de 0,27% em julho, acumulando em 12 meses avanço de 4,40%.

O agregado componente do IPCA, relativo à habitação teve alta de 1,54% e o agregado de transportes, com alta de 0,49%, desaceleraram de junho para julho, mas foram os que mais pesaram na inflação de julho. O custo da energia elétrica teve alta de 5,33% no mês e foi o que exerceu o principal impacto no índice, respondendo sozinho por 0,20 ponto percentual da variação de 0,33% do IPCA.

“No ano, a energia elétrica já acumula alta de 13,78% e em 12 meses, de 18,02%”, ressaltou o gerente da pesquisa Fernando Gonçalves, do IBGE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.