TEMER DEFENDE QUE SEU SUCESSOR DEVERÁ RETOMAR REFORMA DA PREVIDÊNCIA

TEMER DEFENDE QUE SEU SUCESSOR DEVERÁ RETOMAR REFORMA DA PREVIDÊNCIA

 

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (3) que qualquer um que venha a sucedê-lo na presidência terá que fazer a reforma da Previdência. “Ninguém pode negar que a reforma previdenciária é fundamental para o país”, disse no 11º Enai (Encontro Nacional da Indústria). Em fala de cerca de 20 minutos, o emedebista afirmou reconhecer que o tema é controverso e disse que “diversas circunstâncias” impediram a aprovação das novas regras de aposentadoria durante seu governo.

“As mais variadas circunstâncias impediram que se adotasse neste governo. E este é um tema, reconheço, bastante controvertido e merece mais amplo debate, mas não haverá penso eu presidente que venha ano que vem que não realizará a reforma previdenciária”, disse.

Além disso, Temer defendeu outra reforma polêmica, a trabalhista, e defendeu a necessidade de uma reforma tributária. “Vamos fazer uma grande simplificação e nessa seguramente impedir qualquer aumento de tributação”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.