ESPANHA ENCARA RÚSSIA E A CROÁCIA TEM A DINAMARCA PELA FRENTE

ESPANHA ENCARA RÚSSIA E A CROÁCIA TEM A DINAMARCA PELA FRENTE

Se o sábado teve os dois melhores jogadores do mundo vendo suas seleções sendo eliminadas, o domingo, 18º dia da Copa do Mundo da Rússia, será marcado por duelos europeus envolvendo um campeão mundial e três equipes que tentam surpreender. Logo cedo, às 11h (de Brasília), os anfitriões russos enfrentam os detentores do título de 2010, a Espanha, que aparenta ter passado sem traumas pela crise de ter perdido o treinador às vésperas do Mundial. De tarde, às 15h, uma das três seleções com 100% de aproveitamento volta a entrar em campo: a Croácia, que tem no currículo uma vitória acachapante por 3 a 0 sobre a Argentina, vai enfrentar a Dinamarca, que só sofreu um gol na fase de grupos.

Se o dia não tem Cristiano Ronaldo, nem Lionel Messi, o terceiro domingão de Copa do Mundo terá alguns jogadores que estão brilhando na Rússia. Como o anfitrião Cheryshev, da Rússia, e o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, ambos com três gols cada, e que podem ser decisivos no duelo que abre o dia. Sem falar na dupla de Barcelona e Real Madrid, respectivamente Rakitic e Modric, destaques da Croácia, e do goleiro Schmeichel, do Leicester, que aparece como um dos principais nomes da Dinamarca.

Em termos de tradição, se o sábado teve cinco títulos mundiais em campo (dois de Argentina e Uruguai e um da França), o domingo tem apenas o da Espanha. Mas a Rússia tenta, diante de seu povo, um desempenho inédito: chegar às quartas de final e igualar o que só conseguiu fazer em 1958, 62 e 70, quando pertencia à União Soviética, que ainda beliscou um quarto lugar em 66.

A Croácia, logo em sua primeira participação como país independente da extinta Iugoslávia, alcançou um terceiro lugar em 98, mas depois só conseguiu sair da fase de grupos nesta Copa. E a Dinamarca, que em 86 se destacou positivamente (com três vitórias na fase de grupos) e negativamente (levando goleada de 5 a 1 para a Espanha nas oitavas), tenta repetir 98, quando chegou às quartas, mas acabou eliminada pelo Brasil. Enfim, é dia de jogos decisivos de Copa do Mundo! É hora de prestar atenção nas que estão começando a atingir o seus apogeus. Olho neles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.