CESTA BÁSICA DE SALVADOR APRESENTA ELEVAÇÃO DE 4,24% EM MAIO

CESTA BÁSICA DE SALVADOR APRESENTA ELEVAÇÃO DE 4,24% EM MAIO

 

A ração essencial mínima, a cesta básica, passou a custar R$ 307,33, em Salvador,no mês de maio, representando uma elevação de 4,24% quando comparada com o mês de abril de 2018. Dos doze produtos da cesta básica, oito registraram elevação de preços: Tomate (20,34%), Banana prata (17,97%), Feijão rajado (2,24%), Farinha de mandioca (1,28%), Pão francês (0,98%), Leite pasteurizado (0,85%), Manteiga (0,47%) e Café moído (0,32%). Por sua vez, quatro apresentaram redução nos preços: Óleo de soja (-3,30%), Açúcar cristal (-1,99%), Carne bovina (-1,13%) e Arroz (-0,31%).

Em maio de 2018, em Salvador, o trio arroz, feijão e carne foram responsáveis por 32,12% do valor de uma cesta básica, e o quarteto café, leite, pão e manteiga 35,07%. Os três produtos com maior participação no valor da Cesta Básica foram Carne Bovina (23,02%), Pão francês (18,08%) e Tomate (15,62%), e os itens com menor participação em valores monetários foram Açúcar cristal (2,08%) Café moído (2,03%), e Óleo (1,15%).

Em maio de 2018, o tempo de trabalho gasto para se obter uma cesta básica em Salvador, por um trabalhador que recebe um salário mínimo por mês, foi de 77 horas 02 minutos, ou seja, um comprometimento de 35,02% da sua renda. Nesta análise, considerou-se um salário mínimo líquido no valor de R$ 877,68, descontando-se 8,00% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 954,00. Os dados foram divulgados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI),

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.