ARGENTINA FECHA ACORDO DE US$ 50 BI DE FINANCIAMENTO COM FMI

ARGENTINA FECHA ACORDO DE US$ 50 BI DE FINANCIAMENTO COM FMI

A Argentina e o Fundo Monetário Internacional (FMI) assinaram nesta quinta-feira (7) um acordo de financiamento de 36 meses no valor de US$ 50 bilhões. A diretora do FMI, Christine Lagarde, disse em nota que o empréstimo tem o objetivo de “fortalecer a economia” da Argentina, que vive um momento de desvalorização de sua moedas e preocupações com a inflação no país. O pedido de socorro ao fundo, no entanto, gerou diversos protestos pelo país.

Lagarde também comentou o plano econômico acertado com o país, destacando o compromisso do governo de reequilibrar as contas públicas, que vêm registrando déficits, até 2020. “Também apoiamos veementemente o redobramento dos esforços para reduzir a inflação”, acrescentou ela, endossando a “decisão do banco central de adotar metas de inflação realistas” e ” manter uma taxa de câmbio flexível”. A nota da diretora do fundo cita ainda um compromisso de estabelecer um piso para gastos com assistência social, além de reformas no código tributário e na legislação social.

Depios do anúncio, o fundo informou que irá realizar na sexta-feira (8) uma conferência para detalhar o acordo em Washington. Irão participar o diretor do FMI para o Hemisfério Ocidental, Alejandro Werner, e o chefe de missão para a Argentina, Roberto Cardarelli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.