SETEPS DIZ QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE DAR AUMENTO E RODOVIÁRIO QUE NÃO TRABALHAR NÃO VAI RECEBER

SETEPS DIZ QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE DAR AUMENTO E RODOVIÁRIO QUE NÃO TRABALHAR NÃO VAI RECEBER

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps), Jorge Castro, em entrevista à TV Itapuã, afirmou que as empresas de ônibus estão sem condições de dar qualquer aumento aos rodoviários. Segundo Jorge, o sistema está fora das condições financeiras de fazer qualquer proposta para os motoristas e cobradores. “O sindicato dos rodoviários tem que voltar ao mundo real. O sistema está trabalhando no vermelho. São R$ 324 milhões de prejuízo nos três últimos anos. Não temos como dá aumento. É 0.0% de aumento”, disse o presidente

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, o vereador Hélio Ferreira, explicou que o sindicato patronal está muito intransigente. “Nós abaixamos o valor do salário pedido, abaixamos o valor do ticket alimentação, e vários outros pontos. O sindicato tem uma proposta muito aquém do esperado, a greve está mantida”. Questionados sobre o pagamento dos salários dos trabalhadores o sindicato dos empresários afirmou que o trabalhador que não trabalhar por causa da greve não vai receber. Em resposta o sindicatos dos rodoviários afirmou que essa pressão vinda dos empresários não vai ser atendida e a greve está mantida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.