EM MARÇO, VENDAS AUMENTAM EM 5 DAS 8 ATIVIDADES DO VAREJO RESTRITO BAIANO

EM MARÇO, VENDAS AUMENTAM EM 5 DAS 8 ATIVIDADES DO VAREJO RESTRITO BAIANO

Em março, na Bahia, 5 das 8 atividades do varejo restrito (que não considera as vendas de automóveis e material de construção) tiveram resultados positivos. Os destaques foram para as vendas de Outros artigos de uso pessoal e doméstico (+15,5%); Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (+10,4%); e Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (+0,5%) – que voltaram a crescer depois de quase três anos de quedas consecutivas (34 meses).

As vendas de produtos farmacêuticos e cosméticos (+10,4%) registraram, em março a sexta alta consecutiva na Bahia. Já as de outros artigos de uso pessoal e doméstico (+15,5%) voltaram a acelerar e seguem crescendo desde maio de 2017 – exercendo, mês a mês, uma das principais influências positivas no varejo baiano. A atividade reflete as compras em lojas de departamento e parte expressiva do varejo eletrônico (grandes sites de vendas). Também apresentaram resultados positivos em março as vendas de Tecidos, vestuário e calçados (3,0%), que voltaram a crescer depois de três recuos consecutivos; e de Livros, jornais, revistas e papelaria (9,1%), que se mantêm em alta há um ano, desde fevereiro de 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.