MP PEDE, MAS JUSTIÇA NEGA PRISÃO PREVENTIVA DE GEDDEL E AMIGOS DE TEMER

MP PEDE, MAS JUSTIÇA NEGA PRISÃO PREVENTIVA DE GEDDEL E AMIGOS DE TEMER

O Ministério Público pediu a prisão preventiva de pessoas próximas ao presidente Michel Temer, mas a Justiça negou. Os beneficiados foram: o advogado e ex-assessor da Presidência, José Yunes, o ex-deputado e ex-assessor do presidente, Rodrigo Rocha Loures, e o coronel aposentado da Polícia Militar de São Paulo João Baptista Lima Filho.

O Ministério Público também tinha pedido a prisão preventiva do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ), do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-deputado Henrique Eduardo Alves (MDB-RN). Esses pedidos também foram negados pela Justiça.

Os citados fazem parte do “quadrilhão do MDB”, grupo de integrantes do partido envolvidos em crimes contra empresas e órgãos públicos, segundo o Ministério público Federal.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.