Saúde / Educação

AÇÃO DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA É INTENSIFICADA EM SALVADOR
AÇÃO DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA É INTENSIFICADA EM SALVADOR

Após a divulgação da nota da Organização Mundial da Saúde (OMS), que coloca o Brasil em alerta para uma possível epidemia da febre amarela, os postos de saúde de Salvador intensificaram a vacinação contra a doença. A ação tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal na cidade. Estima-se que 1,1 milhão de soteropolitanos ainda precisam se proteger contra a doença na capital baiana. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08 às 17 horas, em 89 unidades de referência para imunização contra a febre amarela.

O imunobiológico é administrado em dose única para o público entre 9 meses e 59 anos. O Ministério da Saúde afirma que a vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, para mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. E para os indivíduos acima dos 60 anos e gestantes recomenda precauções. Sendo assim, para estes grupos a orientação é que a pessoa busque ajuda médica, cujo profissional de saúde avaliará o benefício e o risco da vacinação, levando em conta o risco de eventos adversos.

CAMPINAS CONFIRMA 41 CASOS DE DENGUE ESTE ANO
CAMPINAS CONFIRMA 41 CASOS DE DENGUE ESTE ANO

A Prefeitura de Campinas (SP) confirmou 41 casos de dengue registrados este ano na cidade. A maior incidência foi na região Norte, com 14 ocorrências, segundo informou a administração nesta quinta-feira (14). O município também tem três confirmações de pacientes com o vírus da zika e um registro de chikungunya.

As três doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. No caso da dengue, em janeiro, foram contabilizados 37 casos, dois a menos que no mesmo mês de 2017.

Já fevereiro, até esta quarta (13), foram quatro registros, segundo a administração municipal. No ano passado, o mês teve 27.

GALAXY S10 VEM AÍ PARA COMPETIR COM O IPHONE
GALAXY S10 VEM AÍ PARA COMPETIR COM O IPHONE

O lançamento do Galaxy S10 vai acontecer em breve, possivelmente com até quatro edições diferentes. Para marcar o décimo aniversário da linha Galaxy, a Samsung estaria preparando o mais simples Galaxy S10E para rivalizar com o iPhone XR, os regulares Galaxy S10 e S10 Plus, além de um quatro modelo compatível com internet 5G.

Não deverá tardar até que tudo seja revelado, já que a empresa tem evento marcado para 20 de fevereiro, em San Francisco, nos Estados Unidos. Dias antes do evento, é possível antecipar boa parte da ficha técnica e do visual dos aparelhos – que estão numa espécie de pré-venda. Nas linhas a seguir, saiba o que se fala nos bastidores sobre o próximo smartphone todo poderoso da Samsung.

 

EDUCAÇÃO PROMOVE PROJETO CIDADE BRINCANTE EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE LAURO DE FREITAS
EDUCAÇÃO PROMOVE PROJETO CIDADE BRINCANTE EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE LAURO DE FREITAS

Brincadeiras antigas, cinema, palestras, dança, capoeira, arte circense, soletrando e esporte. Estas são algumas das atividades do “Projeto Cidade Brincante” que percorrerá, desta segunda-feira (18) ao dia 28, unidades escolares dos seis polos educacionais da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas. A proposta é despertar conhecimentos através de atividades culturais, esportivas e lúdicas, aprimorando o processo de ensino-aprendizagem.

O projeto é uma iniciativa da Coordenação de Ações da Cidade Educadora da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), em parceria com as secretarias Setrel, Semdesc, SPM, Semarh, Sesa, Seju, Conselho da Juventude e Escolas Culturais.

Durante os dez dias, 19 escolas dos polos educacionais de Areia Branca, Centro, Itinga, Parque São Paulo, Portão e Vida Nova, receberão as atividades do projeto, sempre das 8h às 12h, de forma simultânea. Para o secretário de Educação, Paulo Gabriel Nacif, o projeto consolida o aprendizado do ano anterior e oportuniza novos conhecimentos para os estudantes da rede municipal, antecipando o ano letivo.

“O Projeto Cidade Brincante irá proporcionar um ambiente de aprendizagem em todos os cantos do nosso município. Abrimos as portas do futuro em nossas escolas para receber estudantes e toda juventude” enfatizou ao convidar todos, a partir de cinco anos, para participar das atividades na escola mais próxima de sua casa.

Integrado à programação do “Cidade Brincante”, o projeto “Escolas Culturais”, do Governo do Estado da Bahia, apresentará o “Circuito Luiz Orlando de Cinema Baiano”. Idaci Ferreira, coordenadora de Ações da Cidade Educadora, destaca a parceria com a organização Escolas Culturais em Lauro de Freitas.

“Em nossas ações trabalhamos com o audiovisual, como o Educa 7 Minutos. Ao conhecermos o circuito que exibe filmes de abrangências históricas, firmamos a atividade de cinema para todas as escolas envolvidas” ressaltou. Entre os dias de atividades, o projeto Cidade Brincante realizará culminância em dois momentos, nos dias 23 e 28, no Estádio Municipal, com apresentações artísticas.

Programação de Atividades nas Escolas Municipais

Polo Areia Branca:

18 e 19 – Escola Amauri Montalvão

20 e 21 – Escola Capiarara

22 e 25 – Escola Edvaldo Boaventura

26 e 27 – Escola Tenente Gustavo

Polo Centro

18 e 19 – Escola José Dos Santos Paranhos

20 e 21 – Escola Vila Praiana

22 – Escola Gregório Pinto De Almeida

25 e 26 – Escola Fenix

Polo Itinga

18, 19 e 20 – Caic

21 e 22 – Escola Solange Coelho

25 – Escola Paulo Freire

26 e 27 – Escola Santa Rita

Polo Portão

19, 20 e 21 – Escola Pedro Paranhos

25, 26 e 27 – Escola Paulo Malaquias

Polo Parque São Paulo

19, 20, 21 – Escola Jacira Mendes

25 e 26 – Escola Mário Covas

Polo Vida Nova

18, 19 e 20 – Escola Catarina de Sena

21 e 22 – Escola Quingoma

25, 26 e 27 – Escola Vida Nova

* Bailinho Estudantil *

23 – Escola Fênix

28 – Escola Dois de Julho

APRENDA A FAZER CONFETE ECOLÓGICO PARA CURTIR O CARNAVAL
APRENDA A FAZER CONFETE ECOLÓGICO PARA CURTIR O CARNAVAL

A época mais brilhante no Brasil, o Carnaval, está chegando. Tão importante quanto decidir o destino para curtir o feriado é pensar na sua fantasia e os bloquinhos que você vai acompanhar. E para deixar o clima de festa ainda melhor, reunimos algumas dicas que podem tornar sua diversão mais alegre para a natureza – é que o glitter comum, serpentina e garrafas plásticas, quando descartados incorretamente, podem poluir o meio ambiente. Abaixo, aprenda maneiras de tornar seu Carnaval mais verde.

Nada de comprar confete pronto! Formado em engenharia ambiental pelo Instituto do Ceará, Vitor Hugo Sampaio, de 25 anos, ajudou a popularizar na internet a ideia do ECOnfete. Trata-se de um confeite feito com folhas, ou seja, um produto natural e biodegradável.

Na página Referencial Verde, a qual Vitor usa para compartilhar diversas dicas sustentáveis no Instagram, ele ensina que o item pode ser feito com folhagens achadas na rua, por exemplo. Depois, basta fazer as bolinhas com um perfurador de papel. “É interessante que ela seja larga para permitir e facilitar a perfuração”, avisa.

Para fazer o ECOnfete, algumas plantas devem ser evitadas, pois podem provocar reações alérgicas. São elas: neem (ou nim) indiano, espada de são jorge, urtiga, comigo-ninguém-pode e pinhão-roxo. “Normalmente plantas que apresentam látex e algumas outras ornamentais”, ele explica. Plantas permitidas são folhas de mangueira, cajueiro e castanholeira. “É importante verificar também se a mesma não apresenta fungos responsáveis pela sua decomposição.”

Após recolher as folhas, faça a higienização com água e sabão neutro, fazendo movimentos suaves para não machucá-las. “Se não for utilizar o material de imediato, recomendo deixar secar ao sol para retirar um pouco da água presente na folha verde, retardando assim o processo de decomposição”, comenta Vitor.

Para transportar o ECOnfete até o bloquinho, use um saquinho de pão ou de pano, que impactam menos o ambiente do que as sacolas plásticas. Além disso, após jogar as bolinhas para o alto, você pode usar o tecido para incrementar a sua fantasia.

 

CONHEÇA O I.CON, DISPOSITIVO SMART QUE ANALISA A RELAÇÃO SEXUAL
CONHEÇA O I.CON, DISPOSITIVO SMART QUE ANALISA A RELAÇÃO SEXUAL

O i.Con é um preservativo smart que promete analisar a performance do usuário durante a relação sexual e enviar as informações para um aplicativo de celular. O dispositivo é um anel emborrachado que deve ser colocado na base do órgão sexual masculino e, apesar do nome, não evita gravidez ou contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). A fabricante British Condoms intitula o gadget como a “primeira camisinha smart do mundo”. Ele é à prova d’água e pode ser reutilizado diversas vezes, além de contar com um ano de garantia. O dispositivo passará a ser vendido na Grã-Bretanha a partir do terceiro trimestre de 2019. Seu preço oficial é de 60 libras (cerca de R$ 287, em conversão direta, sem impostos).

Entre os dados que o i.Con coleta estão a quantidade de calorias queimadas durante a relação sexual, além de informações como velocidade média, duração, temperatura do corpo. A fabricante promete que no futuro o dispositivo também poderá registrar diferentes posições, mas, por enquanto, esse recurso está em fase de testes. Os dados são transmitidos para o smartphone por meio de conexão Bluetooth e ficam catalogados em um aplicativo. De acordo com a empresa, após o lançamento, o usuário poderá comparar seu desempenho com o de seus amigos e outras pessoas no mundo. O dispositivo conta com bateria para até oito horas de duração, o que é pouco se comparado às pulseiras fitness). Uma carga completa leva uma hora e é feita por cabo microUSB.

O i.Con foi anunciado em 2017 e já teve seu lançamento adiado algumas vezes desde então. A fabricante British Condoms promete iniciar as vendas no terceiro trimestre deste ano, mas ainda não está aceitando encomendas. Inicialmente, o produto estará disponível apenas no site oficial, que oferece a opção de entrega para o Brasil.

NOTEBOOK SAMSUNG ESSENTIALS E30 É BOM? VEJA ANÁLISE DE FICHA TÉCNICA
NOTEBOOK SAMSUNG ESSENTIALS E30 É BOM? VEJA ANÁLISE DE FICHA TÉCNICA

O Essentials E30 é um notebook de entrada da Samsung que traz processador Core i3 da Intel, tela de 15,6 polegadas com resolução Full HD e um conjunto de recursos exclusivos. O computador chama a atenção pelos compartimentos de fácil acesso para trocar de memória RAM e HD e ferramentas para ocultar o conteúdo da tela e evitar bisbilhoteiros, além de trazer uma função para desligar completamente a webcam, impedindo que ela seja acessada por invasores. O modelo está disponível no Brasil por preços a partir de R$ 1.899, de acordo com o Compare TechTudo, valor semelhante aos principais concorrentes. A seguir, conheça a ficha técnica do Essentials E30 e descubra se vale a pena comprar o notebook.

Design

O Essentials E30 tem design elegante e discreto e passa a sensação de ser mais leve e fino. O computador, que é construído ao redor de uma tela de 15,6 polegadas, mede 37,7 x 24,8 x 1,9 cm (largura x profundidade x altura) e pesa 1,95 quilos. Ele está disponível para comprar nas cores branco e preto.

Tela

O notebook da Samsung vem com uma tela LED de resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), algo que diferencia o laptop no mercado de entrada. Em geral, os modelos desse tipo vêm com display HD, que é inferior. A tela de 15,6 polegadas deve proporcionar maior qualidade de imagem para assistir a vídeos, filmes e séries.

Desempenho

O notebook da Samsung vem com um processador Core i3 7020U, pertencente à sétima geração da Intel. Essa CPU oferece dois núcleos e conta com quatro threads para se comportar como se fosse um quad-core. O chip atinge velocidades de até 2,3 GHz. O i3, embora seja relativamente antigo, é um processador que dá conta das necessidades de usuários mais básicos. O Essentials E30, como o nome já sugere, foca no essencial: aplicativos de produtividade, navegação na Internet e entretenimento básico a partir do consumo de mídia e streaming, favorecidos pela tela Full HD. O maior problema em relação ao desempenho do laptop deve ser a memória RAM. O modelo é vendido com apenas 4 GB de DDR4, quantidade relativamente baixa para máquinas com Windows 10 e que pode se mostrar insuficiente para uso mais intenso. Já no quesito armazenamento, o notebook não deve decepcionar, já que é comercializado com disco rígido de 1 TB.

Conectividade e outros recursos

Os notebooks da Samsung costumam agregar alguns diferenciais que os separam da concorrência. O E30, por exemplo, oferece a plataforma de suporte técnico S-Service para facilitar a solução e diagnóstico de problemas. Além disso, o design do laptop que conta com dois compartimentos de fácil acesso na tampa inferior para que o usuário possa instalar memória RAM e disco rígido com facilidade, sem precisar desmontar o notebook para isso. Outro destaque é uma tecnologia que permite ao usuário esmaecer a tela, dificultando que curiosos consigam ver o conteúdo exibido. Ainda com relação à privacidade, o Essentials E30 tem a capacidade de desligar completamente webcam e microfone para impedir que esses dispositivos sejam explorados por invasores. A ausência de algumas interfaces, no entanto, podem deixar você na mão, dependendo do tipo de acessório que você usa. O notebook vem com duas portas USB 3.0, uma USB 2.0, HDMI, saída de fone de ouvidos, porta Ethernet, Wi-Fi e Bluetooth. Os usuários podem sentir falta de, ao menos, uma entrada USB-C e um leitor de cartões de memória.

Bateria

A Samsung não divulga uma estimativa oficial sobre a autonomia da bateria E30 longe da tomada. A fabricante se limita a dizer que o componente tem 43 Wh (watts-hora) de capacidade.

Preço e suporte

O Essentials E30 é encontrado facilmente no varejo nacional por preços a partir de R$ 1.899, de acordo com o Compare TechTudo. O valor, que é um pouco alto para o mercado de entrada, dá ao consumidor um laptop com tela de boa qualidade, design atraente e recursos exclusivos. A Samsung oferce garantia de 12 meses contra defeitos de fabricação. Além da plataforma S-Service de diagnóstico e atendimento, o consumidor conta com a rede de assistências técnicas da marca.

Concorrentes

Um dos principais concorrentes do E30 é o Acer A315-51-30V4. O modelo da marca taiwanesa também vem com Core i3 – embora use uma versão mais recente e melhor –, 4 GB de RAM e a mesma tela Full HD de 15,6 polegadas. O portátil é encontrado por preços de R$ 1.999, pouca coisa mais caro que o rival.

ROTEADOR TP-LINK ARCHER C20 AINDA VALE A PENA? VEJA FICHA TÉCNICA E PREÇO
ROTEADOR TP-LINK ARCHER C20 AINDA VALE A PENA? VEJA FICHA TÉCNICA E PREÇO

O Archer C20 é um roteador dual-band da TP-Link com taxas de transferência de até 733 Mb/s, embora a fabricante o classifique como AC750. O dispositivo, lançado no Brasil em 2015 por R$ 300, já pode ser encontrado por preços na faixa dos R$ 120, valor que representa uma queda de mais de 50%.O roteador é presença constante em rankings de produtos mais buscados pelos brasileiros e ainda pode ser considerado uma opção de bom custo-benefício para quem quer gastar menos. Abaixo, conheça em detalhes a ficha técnica do Archer C20 e descubra se o investimento vale a pena. O Archer C20 é um roteador dual-band, ou seja, funciona com Wi-Fi em 2,4 GHz e em 5 GHz. Essa característica favorece tanto uma maior área de cobertura como para as taxas de transferência mais altas associadas a redes de 5 GHz.

Com relação à velocidade, o dispositivo tem um limite teórico estipulado pela TP-Link de 733 Mb/s (megabits por segundo). Esse valor é obtido a partir da soma da taxa de transferência máxima para 2,4 GHz (300 Mb/s) mais o valor referente à rede em 5 GHz (433 Mb/s). Roteadores dual-band com taxas bem mais altas, na casa dos 1.200 Mb/s, já são comuns no mercado. Nesse sentido, o Archer C20 se torna uma opção de bom custo-benefício apenas para quem não quer investir muito. Além da capacidade de distribuir sinal sem fio, o aparelho tem interfaces de rede Ethernet. São quatro portas tipo LAN de 10/100 Mb/s (Fast Ethernet, portanto) e uma interface WAN também de 10/100 Mb/s.

Qualidade do Wi-Fi

O Archer C20 tem especificações técnicas e recursos equilibrados e que não devem comprometer a experiência do usuário interessado em montar uma rede doméstica. A característica dual-band é um fator importante nesse sentido, já que oferece a maior área de cobertura das redes 2,4 GHz, mas também permite conexão em 5 GHz, que garante Wi-Fi mais rápido para os dispositivos compatíveis. Embora a combinação de redes 2,4 e 5 GHz tenha como principal objetivo potencializar o alcance do roteador, vale ressaltar que, durante os nossos testes, a cobertura do dispositivo caiu bastante em ambiente com mais bloqueios para o sinal.

O Archer C20 vem com recursos mais básicos, mas, embora seja um produto de 2015, é compatível com o aplicativo Tether TP-Link, que permite gerenciamento e configuração descomplicada da rede. Esse fator pode ser importante sobretudo para o consumidor que nunca configurou o Wi-Fi sozinho. Nosso review do roteador, valorizou essa característica, destacando a facilidade de configuração do produto, que é capaz de reconhecer sozinho as configurações do modem para uso imediato. O dispositivo tem ainda suporte à criação de rede de convidados – característica útil em estabelecimentos comerciais, por exemplo – e oferece ferramentas de controle de acesso, úteis para pais interessados em limitar conteúdo e períodos em que as crianças podem acessar a Internet, por exemplo.

Preço

O Archer C20 pode ser encontrado com preços na faixa dos R$ 120. Esse valor é baixo e bastante competitivo no mercado de entrada brasileiro, dominado por roteadores mono-band que custam cerca de R$ 75. O modelo da TP-Link é uma boa pedida para quem precisa de um roteador funcional, mas está disposto a gastar um pouco mais para levar para casa um produto mais capacitado, com mais recursos e especificações técnicas melhores. Outro destaque relevante é o gerenciamento e instalação via aplicativos, mais fáceis do que as interfaces oferecidas em outros modelos de baixo custo.

ORGANISMO FEMININO BLOQUEIA ESPERMATOZOIDES FRACOS, DIZ ESTUDO
ORGANISMO FEMININO BLOQUEIA ESPERMATOZOIDES FRACOS, DIZ ESTUDO

Cientistas encontraram evidências de que o sistema reprodutivo feminino é moldado de tal forma que impede espermatozoides fracos de chegar até o óvulo. Eles usaram modelos em pequena escala e simulações em computador para mostrar como atuam os pontos estreitos no organismo das mulheres. Testes com espermatozoides de homens e touros revelaram que as amostras mais fortes eram mais propensas a atravessar os pontos apertados, conhecidos como “estenoses”, enquanto os mais fracos foram pegos nas correntes que os empurraram para trás. “O propósito dessas restrições é evitar que os fracos passem, além de selecionar espermatozoides com maior mobilidade”, explicou Alireza Abbaspourrad, químico da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos.

A fertilização natural é um jogo brutal. Em humanos e outros mamíferos, a corrida começa com mais de 60 milhões de espermatozoides. Cada um tem a intenção de se fundir com o óvulo, mas para que um tenha a chance, deve superar os rivais e resistir a uma série de “provas”. As habilidades de corrida dos espermatozoides foram estudadas antes, mas os cientistas da Cornell examinaram especificamente como eles se saíam quando atingiam partes estreitas do sistema reprodutor feminino, como a pequena abertura do útero para as trompas de falópio. Estas representam um desafio, visto que os espermatozoides nadam para cima e devem lutar através do fluido que vai até eles. “Se você olhar para a anatomia do sistema reprodutivo em mamíferos, verá que as dimensões do canal que leva ao óvulo não são constantes”, afirmou Abbaspourrad. “Em alguns pontos é extremamente estreito, para que apenas alguns espermatozoides passem, enquanto outros falham.”

SAÚDE NA ESCOLA: PRORROGADO PARA 28/2 PRAZO PARA INDICAR MUNICÍPIOS
SAÚDE NA ESCOLA: PRORROGADO PARA 28/2 PRAZO PARA INDICAR MUNICÍPIOS

Gestores públicos têm até o final deste mês para indicar o interesse em participar do Programa Saúde na Escola (PSE). O prazo foi prorrogado para o dia 28/2. Ao participar do PSE, os municípios recebem incentivos financeiros do Governo Federal para realizar ações de prevenção de doenças e promoção da saúde com educandos de escolas públicas. O credenciamento é feito no site e-Gestor Atenção Básica com o CPF e senha do perfil cadastrado como “gestor municipal” vinculado ao “módulo PSE”. Caso o gestor não tenha entrada habilitada ou perfil no módulo PSE, é o CNPJ e a senha do Fundo Municipal de Saúde que devem gerenciar o cadastro.

“O mínimo de recurso financeiro a ser recebido é R$ 5.676,00 após a adesão ao Saúde na Escola, se for pactuado entre 1 e 600 educandos. A cada acréscimo entre 1 e 800 educandos é adicionado R$ 1.000,00 ao valor total a ser recebido pelo Município. Cabe lembrar que, no mínimo, 50% das escolas prioritárias (quilombolas, indígenas, rurais e maioria Bolsa Família) devem ser pactuadas. Então já dá um enfoque para as populações vulneráveis. O município não perde em momento algum ao aderir ao PSE”, afirma Micheline Luz, especialista em políticas públicas da equipe do PSE no Ministério da Saúde.

Até o momento, 4.520 cidades indicaram escolas que realizarão, por dois anos, atividades de educação em saúde nas escolas públicas. Entre os doze temas que deverão ser abordados na escola estão o incentivo à atividade física, combate ao aedes e atualização da situação vacinal de alunos e professores. A especialista enfatiza que todos ganham com o Programa.