EMPREGOS / CONCURSOS

EDUCAÇÃO É PRIORIDADE PARA BOM EMPREGO NOS PAÍSES DE PRIMEIRO MUNDO
EDUCAÇÃO É PRIORIDADE PARA BOM EMPREGO NOS PAÍSES DE PRIMEIRO MUNDO

Adriane Gischig foi à Suíça há 18 anos, levada pela paixão. No Brasil, ela cursava o quinto semestre da faculdade de Direito e planejava transferir os estudos para a Universidade de Basileia para ficar próxima do namorado. Os créditos já cursados, porém, não foram reconhecidos e a paulista se viu em uma encruzilhada: recomeçar a faculdade do zero ou buscar uma nova carreira. Precisando conquistar sua independência financeira logo, ela optou por fazer a chamada “formação de aprendizagem”, mais curta, com três anos de duração, e entrar no mercado de trabalho.

Entre aulas de alemão, tubos de ensaio e microscópios, ela se reinventou como assistente de laboratório. O treinamento vocacional exigiu que ela trabalhasse e estudasse ao mesmo tempo, sob a tutela do sistema educacional público e do empregador, uma multinacional farmacêutica. Durante a formação, recebia um salário mensal de cerca de mil francos suíços (o equivalente a R$ 4,3 mil). Ao concluir, foi efetivada com ganhos na faixa de cinco mil francos suíços (R$ 21,5 mil).

“Aqui na Suíça, se você fizer um curso técnico e se empregar, você ganha muito bem em comparação com o Brasil. Não precisa ser pós-graduado ou ter mestrado para viver com conforto”, diz. A casa com jardim, o carro e a possibilidade de viajar nas férias com os dois filhos são fatores de qualidade de vida que ela conquistou inicialmente com a formação de aprendizagem e depois com aperfeiçoamento. Após trabalhar como assistente de laboratório por mais de três anos, Adriane decidiu fazer um novo estudo.

Com mais quatro anos e meio de dedicação, ela conseguiu se formar na Escola Superior de Administração. Ao longo desse tempo, avançou na empresa, passando a agente de compras até chegar no departamento de finanças, onde já está há seis anos. “Os suíços não têm preconceito se um profissional não tem faculdade. Isso só existe no Brasil. Não existe discriminação justamente porque aqui todo mundo vive bem, independentemente de como você se formou”, diz, sem lamentar o sonho abdicado de se tornar advogada e reafirmando que não se arrepende de trocar a universidade pelo aprendizado técnico. “No Brasil, tenho vários amigos e colegas formados em Direito que não trabalham na área ou estão desempregados”, pondera.

CONCURSOS: 9 ÓRGÃOS ABREM INSCRIÇÕES NESTA SEGUNDA PARA PREENCHER 890 VAGAS
CONCURSOS: 9 ÓRGÃOS ABREM INSCRIÇÕES NESTA SEGUNDA PARA PREENCHER 890 VAGAS

Ao menos 9 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (24) no país com o objetivo de selecionar profissionais de todos os níveis de escolaridade para 890 vagas, incluindo concursos para formação de cadastro de reserva. Ou seja, os candidatos aprovados serão chamados conforme a abertura de postos durante a validade do concurso.

No Banco do Nordeste, por exemplo, 8 vagas são de preenchimento imediato e 692 serão preenchidas gradativamente com o Plano de Incentivo ao Desligamento (PID) dos empregados da instituição, a ser lançado pelo banco ainda neste ano e com outros desligamentos. São 200 vagas para nível superior e 500 para nível médio. Os salários chegam a R$ 4.941. Veja o edital do concurso.

No Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano, que oferece 45 vagas para professores de cursos técnicos e ensino superior, os salários chegam a R$ 9.600.Veja os órgãos que abrem inscrições nesta segunda.

PREFEITURA DE JEQUIÉ PREPARA CONCURSO; EDITAL DEVE SAIR NO FIM DO ANO
PREFEITURA DE JEQUIÉ PREPARA CONCURSO; EDITAL DEVE SAIR NO FIM DO ANO

A Prefeitura de Jequié planeja abertura de concurso público até o final do ano. O objetivo do certame é a contratação de profissionais a serem lotados no Departamento de Perícia Médica, em especial do quadro de médicos peritos. Com informações do Jornal Correio.

 

SEM PERSPECTIVA, BRASILEIRO DESISTE DE PROCURAR EMPREGO RAPIDAMENTE
SEM PERSPECTIVA, BRASILEIRO DESISTE DE PROCURAR EMPREGO RAPIDAMENTE

A proporção de brasileiros que ficam desempregados e logo desistem de procurar emprego tem aumentado nos últimos dois anos, segundo estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). São trabalhadores que nem chegam a entrar na fila do desemprego, que hoje tem 12,9 milhões de pessoas, embora tivessem condições de trabalhar.

O IBGE classifica como “desalentado” o trabalhador que desiste de procurar emprego porque não consegue trabalho, ou não tem experiência, ou é muito jovem ou idoso, ou não encontra trabalho na localidade. No trimestre encerrado em julho, 4,8 milhões de brasileiros estavam nessa condição, maior patamar da série histórica, iniciada em 2012 pelo IBGE.

Segundo o estudo do Ipea, entre os trabalhadores que saíram do emprego e viraram inativos no trimestre seguinte, a participação dos desalentados subiu de 11,2%, no início de 2016, para 16,7%, no segundo trimestre de 2018 – o restante estava na inatividade por outros motivos, como simplesmente não querer trabalhar. Os pesquisadores do Ipea usaram dados do IBGE que “rastreiam” um mesmo entrevistado ao longo do tempo.

Tipicamente, o trabalhador passa ao desalento depois de ficar um longo período procurando emprego sem sucesso. Esse ainda é o comportamento majoritário, disse a pesquisadora Maria Andréia Parente Lameiras, uma das autoras do estudo do Ipea, mas o aumento da transição direta para o desalento chamou a atenção. “Isso pode indicar que a percepção do trabalhador sobre o mercado de trabalho é ruim. Ele escuta o noticiário e vê uma economia que cresce pouco”, disse Maria Andréia.  As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL RETIFICA O CONCURSO PÚBLICO
BANCO DO NORDESTE DO BRASIL RETIFICA O CONCURSO PÚBLICO

O Banco do Nordeste do Brasil S.A. (BNB) divulgou a primeira retificação do Concurso Público com 700 vagas, sendo oito imediatas e outras 692 de cadastro reserva. Este certame tem prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado. O documento informa a alteração nos Estados de lotação das funções, na qual estão distribuídas agora entre Ceará; Alagoas; Bahia; Espírito Santo; Maranhão; Minas Gerais; Paraíba; Pernambuco; Piauí; Rio Grande do Norte e Sergipe.

Há oportunidades disponíveis para os cargos de Especialista Técnico 1 – Analista de Sistema (4) e também Analista Bancário 1 (4). No entanto, para preencher estas ocupações, é necessário ter Nível Médio ou Nível Superior completo. Com jornadas de 30 horas semanais, os profissionais devem receber remunerações de R$ 2.854,68 a R$ 4.941,17. Dentro do total de vagas, existem chances exclusivas para candidatos que se enquadram nos requisitos do edital.

Os interessados podem se inscrever no período das 10h do dia 24 de setembro de 2018 até às 18h do dia 15 de outubro de 2018 (horário oficial de Brasília – DF), via internet, pelo site www.cespe.unb.br. As taxas variam de R$ 59,00 a R$ 67,00. Para qualificar os concorrentes, haverá aplicação das etapas de Provas Objetiva e Discursiva, de acordo com a função optada. As Provas, que devem ser aplicadas em 35 cidades, estão previstas para ocorrer no dia 25 de novembro de 2018.

Para obter mais informações, acesse os editais já disponibilizados para consulta em nosso site, onde também é possível adquirir a Apostila Digital específica deste certame, elaborada de acordo com o conteúdo programático exigido.

IFES ABRE INSCRIÇÕES DE CONCURSO COM 21 VAGAS PARA PROFESSORES
IFES ABRE INSCRIÇÕES DE CONCURSO COM 21 VAGAS PARA PROFESSORES

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) abriu inscrições de concurso público para preencher 21 vagas de professor do ensino básico, técnico e tecnólogo. Os salários podem chegar a R$ 9,6 mil acrescido ainda de benefícios, dependendo da titulação do aprovado. As inscrições acontecem até o dia 14 de outubro. Confira o edital. Os candidatos aprovados poderão trabalhar em qualquer campus da instituição ou no Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância (Cefor). Há perfis relacionados com as áreas de Biomedicina, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Educação Física, Engenharias, Filosofia, Física, Geologia, Letras-Português/Espanhol, Letras-Português/Inglês, e Turismo. O regime de trabalho será de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva.

A primeira fase acontecerá no dia 25 de novembro. Os candidatos aprovados farão a prova de desempenho didático entre os dias 4 e 10 de dezembro, quando também apresentarão os títulos e documentos para conferência. A remuneração varia R$ 4892,44 a R$ 9600,92, a depender da titulação do aprovado, que também tem direito a auxílio-alimentação (R$ 458), auxílio-transporte, assistência à saúde suplementar e auxílio-pré-escolar, quando couberem. A taxa de inscrição é de R$ 150. Entretanto, candidatos que tem direito à isenção de taxa podem fazer o requerimento durante a inscrição, até o dia 23 de setembro.

Em atendimento à legislação federal, o concurso do Ifes destina vagas específicas para pessoas com deficiência, e pessoas que se autodeclaram negros (pretos ou pardos). O Ifes informou que o concurso público conta com uma central de atendimento eletrônico, disponível para contato até a homologação do resultado final. Dúvidas sobre o edital podem ser enviadas para o e-mail concurso2018.docenteifes@facto.org.br.

ESTÃO ABERTAS TRÊS VAGAS PARA CORRETOR DE IMÓVEIS EM FEIRA DE SANTANA
ESTÃO ABERTAS TRÊS VAGAS PARA CORRETOR DE IMÓVEIS EM FEIRA DE SANTANA

Líder nacional em vendas no mercado de imóveis, a MRV Engenharia oferece oportunidades para Corretor de Imóveis Autônomo em Feira de Santana. São três vagas e os interessados devem enviar currículo para o e-mail livia.rey@mrv.com.br, com o assunto “VAGA PARA CORRETOR – FEIRA DE SANTANA”, até o dia 28 de setembro. Para participar do processo seletivo, os candidatos devem ter perfil comercial, de preferência com experiência em vendas e Ensino Médio completo. Entre as atribuições da vaga, estão atendimento, prospecção de clientes e intermediação de compra e venda de imóveis. Entre os benefícios proporcionados, o corretor de imóveis autônomo da MRV conta com flexibilidade de horários, possibilidade de excelentes ganhos financeiros, além de contar com a assistência de gerentes e corretores com ampla experiência no mercado. A base de clientes e a capacitação profissional também são diferenciais da empresa. A MRV ajuda no pagamento da matrícula para o curso de TTI, indispensável para a formação do profissional corretor de imóveis.

CINCO CONCURSOS OFERECEM MAIS DE 500 VAGAS COM SALÁRIOS DE ATÉ 24 MIL
CINCO CONCURSOS OFERECEM MAIS DE 500 VAGAS COM SALÁRIOS DE ATÉ 24 MIL

O ano de 2018 tem se destacado pelo ritmo aquecido de concursos e, por isso, os concurseiros devem ficar ainda mais atentos para não perderem os prazos. Neste semestre, se encerra o prazo de inscrições para alguns concursos com salários iniciais que podem ultrapassar a cifra de R$ 20 mil.

Nesse sentido, o CERS Cursos Online, uma das maiores redes de cursos preparatórios para concursos, OAB e carreiras jurídicas, preparou uma seleção com oportunidades para concurseiros que não querem ficar de fora das próximas provas.

Para o presidente do Grupo CERS, Renato Saraiva, os concurseiros devem ficar de olho nas datas e aproveitar o bom momento do mercado de concursos em 2018, já que segundo a Associação Nacional de Proteção e Apoio ao Concursos (ANPAC) o ano deve contar com 162 mil vagas oferecidas em diversas áreas.

“A vida de quem presta concursos requer dedicação aos estudos e atenção para não perder de vista as vagas que estão sendo abertas a todo momento”, avalia.

Confira abaixo a lista de certames abertos e algumas dicas de estudo para quem sonha com a carreira pública:

Tribunal de Justiça do Mato Grosso

Foi publicado no Diário Oficial o edital do Concurso TJ MT para Juiz. O certame oferece nove vagas com salários de R$ 23.577,96. As inscrições ficarão abertas até o dia 26 de setembro, no site da Vunesp. A prova objetiva está marcada para o dia 18 de novembro de 2018.

Polícia Civil de Roraima

O certame oferece 330 vagas distribuídas entre oito cargos, sendo 35 dessas oportunidades para Delegado. As remunerações podem chegar a mais de R$ 20 mil, quando acrescido o valor de bolsa de formação. As inscrições ficarão abertas no site da Fundação Vunesp até o dia 16 de outubro. As taxas de participação custam R$ 260 para o cargo de Delegado, R$ 240 para Médico Legista, Otonto Legista e Perito Criminal, R$ 160 para Escrivão, Agente e Papiloscopista e R$ 120 para Auxiliar de Perito Criminal e Auxiliar de Necropsia. As provas objetiva e discursiva serão aplicadas em dezembro.

Polícia Civil de Minas Gerais

O certame oferece 119 vagas para o cargo de Escrivão com salários de R$ 4.098,39. As inscrições ficarão abertas até o dia 22 de outubro de 2018. O cadastro deve ser realizado exclusivamente nos sites da Acadepol e Fumarc. O valor da taxa de participação é de R$ 160. A prova objetiva está marcada para o dia 2 de dezembro de 2018.

Tribunal de Justiça de São Paulo

O cadastro deve ser realizado no site da Vunesp até o dia 16 de outubro de 2018. A taxa de participação custa R$ 248,18. Vale lembrar que o certame oferece 310 vagas para o cargo de Juiz Substituto com salários iniciais superiores a R$ 24 mil. A prova objetiva seletiva deve ser aplicada no dia 2 de dezembro de 2018.

Polícia Civil do Paraná

Foi publicado o edital do Concurso PC PR. O certame oferece 100 vagas para o cargo de Escrivão, com salários de R$ 5.752,41. As inscrições podem ser feiras até o dia 9 de outubro e a taxa de participação tem o valor de R$ 120. A prova objetiva está marcada para o dia 18 de novembro.

DICAS DE ESTUDO

1 – Foco: é necessário condicionar a mente, ter foco e dedicação para as horas de estudo;

2 – Descubra o nível do concurso e seu próprio nível de conhecimento: existem níveis de complexidade por prova e isso vai depender de cada concurso. Além disso, o tempo disponível para estudo vai variar de candidato para candidato e de acordo com o grau de conhecimento do concurseiro;

3 – Tenha paciência: um concurso para magistratura demanda, em média, 2 anos de preparação. Concursos mais simples, como para áreas bancárias, demandam cerca de seis meses de preparação;

4 – Não tente estudar pesado logo de início: comece estudando a partir de pequenas cargas horárias e vá aumentando gradativamente as horas de estudo;

5 – Aos que não trabalham: após o condicionamento gradativo das horas de estudo, o ideal para uma preparação é estudar de 8h a 16h diárias;

6 – Aos que trabalham: aproveite todo o tempo livre que tiver. O ideal é estudar de 3h a 4h por dia na semana e aproveitar os finais de semana para estudar mais;

7 – Tenha boas referências: busque orientações e conteúdos em bons cursos e com bons professores. Os cursos online são uma excelente opção;

8 – Local e rotina: procure um lugar fixo de estudo e crie uma rotina antes de iniciar o ritual de estudos;

9 – Intervalos: Estude entre uma hora e 90 minutos, no máximo, e em seguida faça uma pequena pausa de 5 a 10 minutos. Isso faz o cérebro voltar a ter alta performance;

10 – Válvulas de escape: Vá ao cinema, faça academia, pratique algum esporte ou mesmo jogue conversa fora com os amigos nos finais de semana. Ter vida social é fundamental para manter a mente saudável e suportar os meses de estudo e dedicação.

INSCRIÇÕES PARA PROGRAMA DE TRAINEE DA MAGAZINE LUIZA TERMINAM SEGUNDA (24)
INSCRIÇÕES PARA PROGRAMA DE TRAINEE DA MAGAZINE LUIZA TERMINAM SEGUNDA (24)

Na próxima segunda (24) se encerra o período de inscrições para o programa de trainee do Magazine Luiza. Para concorrer a uma das vagas, é necessário ter concluído curso de graduação em qualquer área, a partir de 2016, ou ter conclusão de curso prevista para 2018.

A companhia oferece, para além da remuneração, bolsa de estudos, assistência médica e odontológica, previdência privada, vale-refeição e acesso à academia Magazine Luiza. As inscrições podem ser feitas pelo site http://traineemagalu.com.br/.

FACEBOOK É ACUSADO DE MOSTRAR VAGAS DE EMPREGO APENAS PARA HOMENS
FACEBOOK É ACUSADO DE MOSTRAR VAGAS DE EMPREGO APENAS PARA HOMENS

O Facebook foi acusado de discriminação de gênero por mostrar alguns anúncios de emprego exclusivamente para homens em sua plataforma nos Estados Unidos. A ação foi protocolada por 3 mulheres por meio de uma organização que defende direitos civis. Elas disseram à Comissão de Igualdade de Oportunidades e Emprego dos EUA que a rede social filtrava anúncios de emprego com base no gênero e impedia mulheres de ver vagas de trabalho em indústrias tipicamente masculinas, como construção, programação de softwares e transporte.

Além do Facebook, 9 empresas que ofereciam essas vagas e as que recrutavam também foram implicadas na acusação. Nos EUA é proibido por lei divulgar anúncios de emprego ou contratar alguém baseado em critérios de gênero e idade. A acusação na comissão é o passo anterior à abertura de um processo legal por discriminação. O Facebook afirmou, em um comunicado, que não há lugar para discriminação na empresa. “Está estritamente proibida em nossas políticas e, no último ano, reforçamos nosso sistema para evitar qualquer equívoco”, afirmou o porta-voz Joe Osborne.

A habilidade do Facebook de mostrar anúncios para grupos bastante específicos de pessoas foi algo que fez a plataforma muito popular entre empresas procurando por novos empregados. Um estudo de 2016 da Sociedade de Gestão de Recursos Humanos mostrou que 66% dos empregadores que usam mídias sociais em busca de prospectos utilizavam também o Facebook para isso. Em 2017, a plataforma disponibilizou ferramentas para negócios postarem vagas de emprego e usuários buscarem oportunidades.