BEBIANNO CONTRADIZ PSL E NEGA CASO SOBRE LARANJA

BEBIANNO CONTRADIZ PSL E NEGA CASO SOBRE LARANJA

Gustavo Bebianno, secretário-Geral da Presidência, negou ter sido o responsável pela decisão de transferir R$ 400 mil de dinheiro público a uma candidata laranja de Pernambuco na última eleição. A declaração, dada à Folha de S. Paulo, conflita com a dada pelo atual presidente da legenda, o pernambucano Luciano Bivar, à mesma publicação, que havia atribuído a Bebianno a decisão sobre o repasse.

Maria de Lourdes Paixão concorreu a deputada federal por Pernambuco e teve apenas 274 votos, mesmo sendo a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o país. Durante a eleição, Bebianno ocupava o cargo de presidente do partido, durante licença de Bivar. A prestação de contas dela, que é secretária administrativa do PSL do estado, sustenta que 95% desses R$ 400 mil foram gastos em uma gráfica para a impressão de 9 milhões de santinhos e cerca de 1,7 milhão de adesivos.

O dinheiro do fundo partidário do PSL foi enviado pela direção nacional da sigla para a conta da candidata em 3 de outubro, quatro dias antes da eleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *