POLÍCIA PROCUROU MALAS DE DINHEIRO NA CASA DE MÃE DE RICHA

POLÍCIA PROCUROU MALAS DE DINHEIRO NA CASA DE MÃE DE RICHA

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), candidato ao Senado nas eleições 2018, viu, quando da sua prisão, agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) fazerem buscas na casa de sua mãe, Arlete Vilela Richa.

Os investigadores, ligados Ministério Público do Paraná, foram ao local atrás da informação sobre ‘malas e bolsas’ com ‘grandes volumes’.

No pedido de prisão do tucano, o Gaeco relatou à Justiça que havia sido informado sobre ‘indícios de que Beto Richa e Pepe Richa (irmão do ex-governador) podem estar utilizando a residência de sua genitora, sra. Arlete Vilela Richa, para esconder valores ou provas que os incriminem’..

“A informação que aportou no Gaeco dá conta que em meados de julho deste ano os irmãos Richa foram vistos entrando na residência da sua genitora com ‘grandes volumes em malas e bolsas’, acompanhados de terceiras pessoas, sendo que na saída da residência nada portavam”, narrou o Gaeco à Justiça. Com informações do Estadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.