DE JUNHO PARA JULHO, VOLUME DO SETOR DE SERVIÇOS CRESCE 0,9% NA BAHIA

DE JUNHO PARA JULHO, VOLUME DO SETOR DE SERVIÇOS CRESCE 0,9% NA BAHIA

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em julho, o volume do setor de serviços cresceu 0,9% na Bahia, na comparação com o mês imediatamente anterior, livre de influências sazonais. Manteve-se, assim, em alta pelo segundo mês consecutivo, após a queda de maio, causada em grande parte pela greve dos caminhoneiros. O resultado baiano foi o quarto melhor dentre os estados, nesse confronto, e ficou acima da média nacional (-2,2%). De junho para julho, o setor de serviços teve alta em 9 dos 27 estados, com destaques positivos, acima da Bahia, para Maranhão (3,4%), Ceará (2,3%) e Alagoas (1,9%). Frente a julho de 2017, o volume dos serviços na Bahia teve seu primeiro crescimento (4,1%) após oito meses consecutivos de queda (recuava desde novembro de 2017).

 Foi o terceiro maior crescimento entre os estados e bem acima da média nacional (-0,3%). Nesse confronto, o volume do setor de serviços aumentou em 8 dos 27 estados, e os destaques positivos, acima da Bahia, foram Mato Grosso (6,9%) e Roraima (6,8%). Apesar do desempenho positivo de julho, os serviços na Bahia ainda acumulam quedas de 4,2% no ano de 2018 e de 3,1% nos 12 meses encerrados em julho. O desempenho do setor não é positivo nesses indicadores há bastante tempo: no acumulado no ano, está em quedas seguidas desde fevereiro de 2017; no acumulado em 12 meses, recua desde setembro de 2015. No acumulado de janeiro a julho de 2018, no Brasil, os serviços caem 0,8%, com crescimento em apenas 3 dos 27 estados (Roraima, com 5,6%; São Paulo, com 0,8%; e Mato Grosso, com 0,2%). Nos 12 meses encerrados em julho, o volume do setor teve retração de 1,0% no país, com resultados negativos em 22 unidades da Federação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *