SEU INVESTIMENTO

BC ALTERA REGRAS DE DEPÓSITOS COMPULSÓRIOS E LIBERA R$ 2,7 BILHÕES

O Banco Central informou nesta quinta-feira (22) que realizou “ajustes” nos recolhimentos compulsórios sobre recursos à vista e a prazo,informa o G1. Os compulsórios são um percentual desses depósitos que tem de ser mantido na autoridade monetária, ou seja, valores que são “esterilizados”. São instrumentos para regular a quantidade de dinheiro no mercado e ajudar no controle da inflação. De acordo com a instituição, as alterações representarão uma liberação de

SENADO APROVA TEXTO DE PROJETO QUE AUMENTA MULTA PARA QUEM DESISTE DE IMÓVEL NA PLANTA

O Senado aprovou nesta terça-feira (20) o texto-base do projeto que permite a aplicação de uma multa maior para quem desiste da compra de um imóvel na planta, o chamado “distrato”. Em julho, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado rejeitou a proposta. O texto foi enviado ao plenário e recebeu emendas (sugestões de alteração) ao projeto. Segundo o G1, o texto-base aprovado pelos senadores nesta terça tem o

BITCOIN RECUA PARA MENOS DE US$ 4,5 MIL E RENOVA MÍNIMA EM 2018

O Bitcoin chegou a despencar mais de 10% nesta terça-feira (20) e ficou abaixo dos US$ 4,5 mil, ampliando para 30% a queda da criptomoeda mais conhecida do mundo em uma semana, em meio à intensificação de vendas de moedas digitais em geral. Outras criptomoedas também sofreram perdas acentuadas – a Ether da Ethereum perdeu 10%do valor, e a Ripple caiu 13%, em movimento provocado essencialmente pelo fator emocional. Segundo

IPEA: INDICADOR DE INVESTIMENTOS CRESCE 9,6% NO 3º TRIMESTRE

Os investimentos cresceram no terceiro trimestre, segundo dados divulgados hoje (14) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) referente ao terceiro trimestre do ano avançou 9,6% frente ao segundo trimestre. O resultado foi impactado pelas operações de importação de plataformas de petróleo. Segundo o Ipea, o novo regime especial, que suspende os tributos cobrados sobre bens destinados a atividades de

SEBRAE: 52,8% DOS PEQUENOS EMPRESÁRIOS QUER INVESTIR EM 2019

A maioria dos pequenos empreendedores planeja fazer algum investimento em seu negócio em 2019. Segundo pesquisa divulgada pelo Sebrae nesta quarta-feira (14), a parcela dos que devem investir é de 52,8%. Dos que pretendem investir no próximo ano, 51%, tem o plano de modernizar o negócio. A ampliação da capacidade produtiva é o segundo investimento mais citado, com 23,5% das respostas. Na divisão por setores, o comércio é apontado como

PESQUISA: 97% DOS EMPRESÁRIOS DIZEM QUE PRETENDEM INVESTIR EM 2019

Os empresários estão otimistas em relação à economia e seus negócios em 2019 e, neste cenário, a grande maioria diz que pretende investir no ano que vem. É o que aponta pesquisa feita pela Deloitte divulgada ao G1 nesta segunda-feira (11). No entanto, enquanto os que pretendem investir são 97% dos empresários, a parcela dos que devem criar novos postos de trabalho é menor, de 47%. O levantamento foi feito

CNC: 77% DAS FAMÍLIAS ENDIVIDADAS DEVEM AO CARTÃO DE CRÉDITO

O brasileiro continua pagando muito caro pelas suas dívidas. Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC), 77,4% das famílias endividadas tem dívidas na modalidade de crédito com as taxas de juros entre as mais altas do mercado: o cartão de crédito. Dados do Banco Central mostram que os juros médios do cartão ficaram em 278% ao ano em outubro. Os carnês aparecem em segundo lugar como o principal tipo

BC VÊ REDUÇÃO DE INCERTEZAS E IMPACTO NAS ESTIMATIVAS DE INFLAÇÃO

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central avaliou nesta terça-feira (6) que a diminuição de incertezas no âmbito doméstico (decorrente da definição das eleições) baixou os preços de ativos, como o dólar, e isso contribuiu para o controle da inflação. Na reunião anterior do Copom, em setembro, o dólar operava ao redor de R$ 4,15 por conta de tensões eleitorais e, também, de movimentos especulativos do mercado financeiro.

OUTUBRO TEM MAIOR VENDA DE AÇÕES DE PAÍSES EMERGENTES DESDE 2013

Os investidores venderam a maior quantidade de ativos de mercados emergentes no mês passado desde 2013, quando o Federal Reserve sugeriu pela primeira vez a redução de seu programa de estímulo pós-crise, mostraram dados de fluxos financeiros. Os números do Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês), que acompanha o que os investidores compram e vendem, estimou que US$ 17,1 bilhões foram retirados dos ativos de mercados emergentes

POUPANÇA TEM ESPAÇO PARA CRESCER NO BRASIL, DIZ ESPECIALISTA

A poupança da Caixa Econômica Federal fechou o ano passado com captação líquida de R$ 8 bilhões e um total de 74 milhões de poupadores, informou a Agência Brasil. Para o educador financeiro Rogério Braga, membro da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), com uma população de mais de 207 milhões de pessoas, há um amplo caminho para que a poupança cresça ainda mais no país. Para o especialista, os