José Maciel dos Santos Filho

JOSÉ MACIEL - PLANO SAFRA 2020/2021 PRIORIZA SEGURO RURAL E AGRICULTURA SUSTENTÁVEL

O governo federal lançou no último dia 17  o Plano Safra para a temporada 2020/2021, com recursos da ordem de 236, 3 bilhões de reais  (um aumento de  13,5 bilhões em relação ao ciclo anterior) e  vigência  entre 01 de julho deste ano e 30 de junho de 2021. Do total, em termos aproximados, 179 bilhões foram destinados para operações de custeio e comercialização (5,9% a mais em relação à

JOSÉ MACIEL - EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO EM TRAJETÓRIA ASCENDENTE E CONCENTRADA

Nos primeiros cinco meses   deste ano, as vendas externas do agronegócio nacional somaram a expressiva cifra de 42 bilhões de dólares, representando um incremento de quase 8% em relação  a idêntico período do ano  passado. O volume embarcado aumentou cerca de 13,7%, ante um recuo de 5,1% no índice de preços. O volume recorde de exportações ajudou a reforçar a importância do setor agropecuário para a nossa balança comercial num

JOSÉ MACIEL - PREOCUPAÇÕES RECENTES COM O AGRONEGÓCIO

As análises mais recentes apontam o agronegócio como o único a crescer este ano. Todos os demais sofrerão retração . fazendo o PIB despencar, com projeções acima de 5% negativos. Duas  notícias dessa semana ajudam na direção dessa expectativa: a  primeira é que o IPEA admite um crescimento de até 2,5% para o setor  agropecuário este ano, A outra, também do Valor Econômico, dá conta que a China vai elaborar planos de

JOSÉ MACIEL - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO CRESCE 2,42% NO PRIMEIRO BIMESTRE

O PIB do agronegócio brasileiro cresceu 2,42% no acumulado de janeiro e fevereiro de 2020 em relação ao mesmo período de 2019, segundo estudos da CNA e do CEPEA-Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada , da ESALQ/USP. O resultado foi impulsionado pelo segmento primário (“dentro da porteira”), com 3,86%, pelo setor serviços, com 2,72% e pelo segmento agroindústria , a jusante, com 1,37%. Já o setor “insumos teve queda

JOSÉ MACIEL : SETORES DO AGRONEGÓCIO AFETADOS NO CONTEXTO DA PANDEMIA

Na coluna passada, salientamos que as exportações do agronegócio cresceram em março último em níveis significativos , sobretudo para a China e outros mercados asiáticos, permitindo uma certa expectativa de crescimento do setor para este ano, a despeito das projeções de contração econômica mundial e brasileira previstas por órgãos internacionais , bancos e  consultorias. A valorização do dólar e os receios de desabastecimento  manifestados por alguns países têm  favorecido esta

JOSÉ MACIEL - EM MEIO À PANDEMIA, EXPORTAÇÕES  AGROPECUÁRIAS AUMENTAM EM MARÇO

No momento em que estamos digitando esse texto, o novo coronavirus segue infectando pessoas e ceifando vidas humanas no Brasil e no mundo. Por conta dos efeitos sociais e econômicos decorrentes  da emergência sanitária, o País torna-se ´palco de um debate acirrado entre os que defendem a continuidade do isolamento social e os que advogam sua flexibilização para algumas atividades não consideradas essenciais. Nesse contexto, e um pouco mais a

JOSÉ MACIEL : PERSPECTIVA PARA A AGROINDÚSTRIA EM 2020

Embora a nossa expectativa seja  a de que o agronegócio seja um dos setores menos afetados pela crise provocada pelo novo coronavirus, uma  análise recente do Centro de Estudos em Agronegócios da FGV  (o FGV AGRO) indica alguma piora dessas perspectivas para as agroindústrias brasileiras, aqui entendidas no sentido mais restrito,  dos setores a jusante da nossa  agropecuária. Em matéria do Valor Econômico , de 20 de março último (

JOSÉ MACIEL: PANDEMIA E AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Ao tempo em que a OMS decretou na última semana a Pandemia do Coronavirus, a epidemia dá claros sinais de ter chegado ao pico e  ter desacelerado fortemente na China , e,  também, em  países asiáticos, como o Japão, Coreia do Sul, Hong Kong, Taiwan e Cingapura . Antecipamos que há muito que aprender  com estes países  em termos de medidas adotadas, como restrições à circulação de pessoas, controle de

JOSÉ MACIEL - ESTADOS UNIDOS REABREM O MERCADO PARA  CARNE BRASILEIRA

Em 2019, o agronegócio brasileiro registrou exportações, em números redondos , ao redor de 97 bilhões de dólares, valor 4% inferior ao observado em 2018 (101 bilhões de dólares). A principal explicação, além do câmbio, se refere à peste suína na China, que diminuiu a demanda do nosso complexo soja. As exportações do complexo soja caíram de 40,7 bilhões de dólares para 32,6 bilhões de dólares no ano passado. Em

JOSÉ MACIEL- CORONA VIRUS, ECONOMIA E AGROPECUÁRIA: UMA ABORDAGEM PRELIMINAR

Num artigo que envolve temas de saúde pública, com a emergência de nova doença , com aspectos preocupantes, é oportuno fazer dois registros iniciais.   O primeiro diz respeito ao fato de que, embora se trate aqui de possíveis impactos econômicos decorrentes dessa nova  doença, o mais relevante a lamentar e a mencionar é  indiscutivelmente a perda de vidas humanas já ocorridas por conta do novo corona virus  e aquela