Erik Figueiredo

QUAL A MELHOR SIMPATIA PARA SEU DINHEIRO AUMENTAR?

Qual a melhor simpatia para seu dinheiro aumentar? Por Márcia Batista da Fonseca, professora associada do Departamento de Economia, Universidade Federal da Paraíba Fazer um círculo com arroz em uma superfície plana, vestir amarelo na passagem do ano, guardar moedas em um saleiro, guardar sementes de romã na carteira durante o ano inteiro… são tantas simpatias para fazer o dinheiro crescer… e as pessoas transmitem estas crenças por gerações. Há

ERIK FIGUEIREDO - DESCRIMINALIZAÇÃO DAS DROGAS: A SOCIEDADE TEM ALGO A GANHAR?

O Deputado Federal Marcelo Freixo (PSOL/RJ) divulgou um video conclamando a população a assinar uma petição online em favor da descriminalização do uso pessoal das drogas. A petição, chamada “drogaSTF” (nome apropriado, diga-se), propõe que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue inconstitucional o artigo 28 da Lei Antidrogas que regulamenta o transporte, guarda e depósito de drogas ilícitas. De acordo com o Deputado, esse seria o primeiro passo para uma

ERIK FIGUEIREDO: EXTINÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM MENOS DE 5 MIL HABITANTES E OS NARRADORES DE JAVÉ

Utilizei a co-produção Franco-Brasileira “Narradores de Javé” como um pano de fundo para a discussão de um artigo no passado e a trago novamente. Só para relembrar, o filme relata o drama de uma cidade do interior do Nordeste prestes a ser submersa pela águas de uma represa. Buscando  evitar a inundação ou, em última instancia, justificar uma indenização, os moradores tentam provar a relevância do patrimônio histórico no município. 

ERIK FIGUEIREDO: DO PRÊMIO NOBEL DE ECONOMIA AO 13º  DO BOLSA FAMÍLIA

As análises jornalísticas direcionadas ao prêmio Nobel de economia de 2019, concedido ao trio Abhijit Banerjee (MIT, USA), Esther Duflo (MIT, USA) e Michael Kremer (Harvard, USA), limitaram-se a questões menores e desfocadas da real contribuição dos estudos desenvolvidos pelos pesquisadores. Jornais de grande circulação nacional, como O’Globo e a Folha de São Paulo, preferiram destacar  a juventude e o gênero da professora Duflo. Quando muito, os comentários permearam o

ERICK FIGUEIREDO: OS EFEITOS “LATERAIS"DA ABERTURA COMERCIAL BRASILEIRA

O final da década de 1980 é reconhecido como um dos períodos mais conturbados para a economia brasileira. Nessa época, a pauta diária envolvia recessão, hiperinflação e instabilidade política. Programas econômicos, em especial, os voltados para a estabilização do nível de preços, pareciam não funcionar e temas como educação e desenvolvimento humano não possuíam espaço no debate público. Em suma, uma geração inteira teve que conviver com a incerteza sobre

ERIK FIGUEREIDO: A EDUCAÇÃO (BÁSICA) É CAPAZ DE TRANSFORMAR O HOJE E O AMANHÃ

No início da década de 1960, uma equipe de pesquisadores, liderada pelo psicólogo David Weikart, deu início a um projeto visionário envolvendo crianças matriculadas na Perry ElementarySchool da cidade Ypsilanti, Michigan, Estados Unidos. Contando com o apoio irrestrito do diretor da escola, os pesquisadores identificaram um grupo de crianças com elevado nível de risco social. Ou seja, aquelas pertencentes as camadas mais pobres da população, vivendo em áreas violentas, com pais

ERIK FIGUEIREDO: OS MUNICÍPIOS COMO GESTORES DAS POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO HUMANO

As discussões relativas as metas para o desenvolvimento humano têm ocupado a pauta de organismos internacionais e gestores de política pública desde o estabelecimento dos Objetivos do Milênio na assembléia da Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro de 2000. Os objetivos iniciais surgiram como um pacto de parceria global e um guia comum para as políticas sócio-econômicas das nações. Em resumo, as metas englobavam as erradicações da fome e

ERIC FIGUEIREIDO: ENSINO E DESIGUALDADES

A teoria da desigualdade de oportunidades é uma das mais bem sucedidas na explicação das diferenças de rendas individuais. Em poucas palavras, esse enfoque estabelece que parte da renda é determinada por variáveis de esforço, tais como nível educacional, decisão de migrar, horas trabalhadas por ano etc. e; parte por fatores que fogem do controle dos agentes econômicos, variáveis de circunstâncias, ou seja, background familiar (nível educacional e ocupação dos