Armando Avena

ARMANDO AVENA: VER SALVADOR E DEPOIS VIVER

Salvador está fazendo aniversário. É uma velha senhora que, cada dia mais bela, mostra que  encanto e  sedução não é privilégio das ninfetas.  E tão linda está que a mídia do mundo intei...

A.AVENA: SÓ A ECONOMIA SALVA

Só a economia poderá salvar o governo Bolsonaro. Só um bom desempenho na economia poderá relevar a falta de preparo do Presidente para tratar de assuntos relacionados com a educação, os costumes, as relações exteriore...

COLUNA NO CORREIO : A PONTE SALVADOR ITAPARICA

Diferente do que possa parecer, sempre fui a favor da construção da ponte Salvador-Itaparica, mas sempre pontuei que uma obra dessa natureza não se viabiliza  apenas com pedágio ou com recursos privados. Por isso,...

ARMANDO AVENA: HEIDEGGER E A MORTE DE BOECHAT

 A morte do jornalista Ricardo Boechat deixou-me chocado, não só porque perdemos um grande jornalista, mas também porque sua morte seu deu sob alguns dos signos ou dos estigmas do nosso tempo: a v...

ARMANDO AVENA:  1979: O ANO I DA LIBERDADE

 Era 1979. O céu do Brasil ainda estava manchado de verde oliva, mas um raio de sol teimava em surgir no horizonte. Após anos de trevas, o verão chegava com luz: o Ato Institucional nº 5, a ferramenta maior da dit...

ARMANDO AVENA: A LAVAGEM DO BONFIM
 

A cidade da Bahia vestiu-se de branco e, ontem, como soe acontecer todos os anos na segunda ou terceira quinta-feira de janeiro, deu graças ao Senhor do Bonfim e a Oxalá. A lavagem do Bonfim é uma festa sing...

ARTIGO: 40 ANOS DO CORREIO:                                                                                                                                                                                                                                        O NOVO ENIGMA BAIANO
  Até a metade do século passado, a economia baiana estava presa a um enigma: o enigma baiano. A Bahia de então era um estado rico, gerador de excedentes, e com forte especialização no comércio exterior, especialmente na produção de c...