KLEBER ROSA CRITICA AMEAÇAS AO VEREADOR JHONATAS MONTEIRO

KLEBER ROSA CRITICA AMEAÇAS AO VEREADOR JHONATAS MONTEIRO

O cientista social e candidato ao Governo da Bahia pela federação PSOL-REDE, Kleber Rosa, durante entrevista à Rádio Princesa FM, do município de Feira de Santana, ao programa “Altos Papos”,  apresentado por Uchôa, João França e Joana Morbeck, na noite desta quinta-feira (4),  repudiou as agressões e ameaças que o vereador Jhonatas Monteiro (PSOL) vem sofrendo de setores bolsonaristas, inclusive, com  ameaças de  “queimar o parlamentar vivo” .

Kleber Rosa salientou que foi instalado no Brasil a cultura do ódio, da violência, do desprezo pelos movimentos sociais, pelos  grupos historicamente vulneráveis e excluídos do direito à cidadania. Segundo o psolista, uma intolerância que se exercita pela violência e as ameaças que o vereador do Jhonatas Monteiro está passando refletem esse cenário político atual do Brasil.

” As ameaças que o companheiro Jhonatas está enfrentando revelam o que é o Brasil na era Bolsonaro. Esses setores nazi-fascistas enxergam a disputa política enquanto aniquilação do outro.  Jhonatas está enfrentando ameaças extremamente graves a ele e a sua família. É inadmissível que essas pessoas não consigam entender que a política é um espaço de disputa de ideias, de disputa de concepções de sociedade, e não a disputa de existência como se a existência do outro  tivesse que ser negada. Me solidarizo a Jhonathas e sua família. Por isso, o PSOL resolveu abrir mão de candidatura própria à presidência  para apoiar a candidatura de Lula devido à necessidade de enfrentarmos essa cultura do ódio e de derrotarmos bolsonaro no primeiro turno”, frisou o postulante ao Palácio de Ondina, Kleber Rosa.