DESTAQUE DO DIA

CCJ APROVA PLANO DE INCENTIVOS FISCAIS COM VOTOS EM SEPARADO
CCJ APROVA PLANO DE INCENTIVOS FISCAIS COM VOTOS EM SEPARADO

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ) aprovou, na tarde desta segunda-feira (10), o Projeto de Lei que institui o Plano de Incentivos Fiscais do Programa Salvador 360. Ainda foram apreciadas pela CCJ os Substitutivos nº 297 e nº 273, também analisados em separado pelas legisladoras da bancada de oposição. As proposições passaram pelo colegiado com votos em separado das vereadoras Aladilce Souza (PCdoB) e Marta Rodrigues (PT).

Além das vereadoras e do presidente do colegiado, vereador Paulo Magalhães Júnior (PV), participaram da reunião os também integrantes Suíca (PT), Alfredo Mangueira (MDB), Alexandre Aleluia (DEM) e a vereadora Lorena Brandão (PSC). Os vereadores Geraldo Júnior (SD), Kiki Bispo (PTB), Felipe Lucas (MDB), Hilton Coelho (PSOL) e as vereadoras Marcelle Moraes (PV), Rogéria Santos (PRB) e Ana Rita Tavares (PMB) também participaram.

GOVERNO ACUSA PREFEITURA DE BARRAR CONSTRUÇÃO DA NOVA CER
GOVERNO ACUSA PREFEITURA DE BARRAR CONSTRUÇÃO DA NOVA CER

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) que a prefeitura de Salvador está emperrando o início das obras para a construção da nova Central Estadual de Regulação, ao afirmar que está aguardando o alvará.

“Até o momento, as obras da edificação da Sesab encontra-se sem liberação do documento municipal, mesmo após diversas diligências”, diz a gestão estadual.

Com investimentos superiores a R$ 7,7 milhões e prazo de execução de até 12 meses, a obra deveria ter sido iniciada em setembro de 2018, porém as exigências graduais e paulatinas estão impedindo a construção.

“Solicitamos empenho e celeridade na equipe municipal, visto que estamos dialogando há meses e os pedidos de esclarecimentos são feitos a conta-gotas ao invés de uma só vez. A data inicial do processo foi em 30 de agosto”, ressalta o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

“CAOS DA SEGURANÇA PÚBLICA”, DIZ NETO SOBRE POSTO DE SAÚDE INVADIDO
“CAOS DA SEGURANÇA PÚBLICA", DIZ NETO SOBRE POSTO DE SAÚDE INVADIDO

Após ficar sabendo sobre a invasão de bandidos a um posto de saúde no bairro da santa Cruz, em Salvador, com 15 servidores sendo feitos de reféns, o prefeito da capital baianar, ACM Neto (DEM), lamentou o ocorrido e criticou a gestão da segurança pública pelo governo do estado.

“Estou acompanhando com nosso chefe da assistência militar, major Luciano, espero que a solução possa ser resolvida sem nenhuma vítima fatal. Agora, é lamentável, isso mostra mais uma vez como é que tá o caos da segurança pública na Bahia”, disse o prefeito durante o lançamento de uma grande obra de saneamento em Ilha Amarela, subúrbio.

A Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública da Bahia ainda não se manifestaram sobre o assunto. Segundo informações confirmadas até o momento, bandidos invadiram o posto de saúde após uma intensa troca de tiros com a polícia militar, deixando um policial baleado e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE). Três suspeitos teriam morrido da ocorrência.

TRÊS MORTOS EM TROCA DE TIROS EM POSTO DE SAÚDE EM SALVADOR
TRÊS MORTOS EM TROCA DE TIROS EM POSTO DE SAÚDE EM SALVADOR

Um  policial militar foi ferido e três suspeitos foram mortos, na tarde de hoje, após uma situação, na qual foram feitos reféns no Centro de Saúde Osvaldo Caldas Campos, no bairro da Santa Cruz, em Salvador, na tarde de hoje (10). 3

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-Ba), homens armados, supostamente ligados ao tráfico no Nordesde de Amaralina, se esconderam no posto, para fugir de agentes das Rondas Especiais da PM (Rondesp). Os suspeitos invadiram o posto e fizeram reféns.

O policial ferido foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE) e passa bem.

“A GENTE TINHA QUE FALAR BEM DE DILMA”, DIZ CUBANA
"A GENTE TINHA QUE FALAR BEM DE DILMA", DIZ CUBANA

A polêmica em torno do Programa “Mais Médicos” ainda está longe de acabar. De acordo com a médica cubana Ramona Matos Rodríguez, a primeira a abandonar o Mais Médicos, em 2014, os profissionais da Ilha que trabalhavam no Brasil tinham que fazer propagando do PT. De acordo com a médica:

“A gente tinha de falar bem da Dilma (Rousseff). Para os pacientes, dizíamos que foi o governo dela que nos mandou para o Brasil. Falávamos que Dilma era boa porque ajudava o povo, porque se preocupava com a saúde dos mais necessitados. Estávamos inculcando uma ideia na população. No caso de haver uma outra eleição, tínhamos de fazer com que os brasileiros votassem pela mesma presidente. Nós tínhamos uma função política”, disse Rodríguez.

Além disso, a ditadura cubana ficava com 75% dos salários dos médicos. Com informações do site O Antagonista.

TCM IRÁ AUDITAR OBRAS FINANCIADAS PELO BID NA BAHIA
TCM IRÁ AUDITAR OBRAS FINANCIADAS PELO BID NA BAHIA

Os municípios baianos que tiverem obras de infraestrutura e projetos sociais financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) serão auditados pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA), segundo documento assinado pelas duas entidades nesta segunda-feira (10).

O Banco Interamericano de Desenvolvimento, representado pelos seus dirigentes no Brasil, Felix Prieto e Santiago Schneider, garantiu que a parceria com o TCM visa “fortalecer os órgãos de controle nacionais do Brasil”. Os dois primeiros contratos de financiamento do BID que terão as execuções auditadas pelo TCM envolvem US$120.012.340,00.

O primeiro terá US$52.512.340 do Banco e uma contrapartida da Prefeitura de Salvador de US$52.512.340,00, e tem como objetivo “promover o desenvolvimento turístico em Salvador para alavancar a renda e emprego formal da população, com ênfase na cultura dos afrodescendentes”. O segundo pretende recuperar e revitalizar para ocupação popular da área do Rio Mané Dendê, chamada também de “a cidade de plástico” e que está localizada na região do subúrbio da capital baiana. O investimento para as obras chegará a US$67,5 milhões. Os contratos já foram firmados entre o BID e a gestão de Salvador.

NETO ASSINA PROJETO DE R$ 500 MI PARA INTERVENÇÕES NO SUBÚRBIO
NETO ASSINA PROJETO DE R$ 500 MI PARA INTERVENÇÕES NO SUBÚRBIO

O prefeito ACM Neto planeja uma grande intervenção na região da bacia Mané Dendê, no Subúrbio Ferroviário. Para isso, o gestor da capital baiana assinou, na tarde desta segunda (10), um projeto que autoriza investimentos na ordem de R$ 507,6 milhões, sendo parte dele fruto de um empréstimo realizado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O lançamento foi realizado em Ilha Amarela. O local será alvo de uma grande obra de saneamento. Estão previstas ações de macrodrenagem, esgotamento sanitário, habitação, mobilidade, urbanização e ações sociais.

O projeto foi desenhado junto com a Fundação Mário Leal Ferreira. Mais de 45 mil moradores serão beneficiados. “É com grande alegria que estamos aqui hoje reunidos. Gostaria de abraçar os moradores de Ilha Amarela, Itacaranha, Rio Sena Alto da Terezinha”, discursou Neto. “Esse projeto é tão importante para nossa administração que o nosso vice prefeito vai cuidar, a partir do início do próximo ano, de perto da execução do projeto”, acrescentou.

SECRETÁRIOS ESTADUAIS DE FAZENDA REÚNEM-SE EM SALVADOR
SECRETÁRIOS ESTADUAIS DE FAZENDA REÚNEM-SE EM SALVADOR

Em meio à persistência da crise econômica brasileira e em plena transição nos âmbitos federal e estadual, os secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal estarão em Salvador na quinta (13) e na sexta (14) para as reuniões do Comitê dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz) e do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que acontecem no Palácio Rio Branco (Praça Thomé de Souza).

Em pauta nos dois encontros, temas em destaque na agenda nacional como a Reforma Tributária e a distribuição dos royalties de petróleo do pré-sal. A plenária do Confaz, na sexta, tem a presença confirmada do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

Entre os secretários estaduais já confirmados para os encontros do Comsefaz e do Confaz estão os de São Paulo, Luiz Cláudio Carvalho, de Minas Gerais, José Afonso Bicalho, de Santa Catarina, Paulo Eli, do Ceará, João Marcos Maia, do Espírito Santo, Bruno Funchal, do Maranhão, Marcellus Alves, e do Distrito Federal, Wilson de Paula.

ADOLESCENTES E CRIANÇAS ESTARIAM ENTRE VÍTIMAS DE MÉDIUM
ADOLESCENTES E CRIANÇAS ESTARIAM ENTRE VÍTIMAS DE MÉDIUM

Adolescentes e crianças estariam entre as vítimas de suposto abuso sexual cometido pelo médium João Teixeira de Faria, o João de Deus. As situações teriam ocorrido na Casa de Inácio de Loyola em Abadiânia (GO), onde o médium atende. Na noite de ontem, durante o programa Fantástico, da Rede Globo, uma jovem afirmou ter sido violentada pelo menos dez vezes quando tinha apenas 11 anos.

De acordo com o relato:

“Ele pediu para eu colocar a mão para trás e eu senti uma coisa estranha e comecei a chorar e disse: ‘O que é isso?’. Ele falou: ‘É o que vai te curar’. Aí, ele veio na minha frente e fez o que fez comigo. Tudo o que você pode imaginar”, disse a mulher hoje com 41 anos. Ela ainda relatou ameaça tanto física quanto psicológica. “Fica de costas, fecha os olhos e não abra em hipótese alguma. Se você abrir, vai ficar cega, porque a luz é muito forte”, descreveu.

“Eu falava o tempo todo: ‘Quero a minha mãe. Tá doendo’. E ele mandava eu ficar quieta: ‘Fica quieta, senão eu mato a sua família’”, lembra ela, chorando.

Ao todo, 25 vítimas procuraram o “Fantástico” para relatar abusos sofridos. De acordo com os relatos, os crimes teriam ocorrido desde a década de 1980. Uma delas revela ter sido vítima de João de Deus, quando tinha 15 anos. Os pais foram pedir ajuda para o médium porque a menina estava depressiva e não saia da cama. Na primeira consulta, ele teria pedido para ficar sozinho com a adolescente. “Ele mesmo pegava a mão dele e fazia eu manipular o seu pênis. De repente, pegou na minha cabeça e a abaixou para que eu fizesse sexo oral nele”.

As primeiras denúncias de abuso contra o médium foram reveladas no programa “Conversa com Bial”, da TV Globo, na noite de sexta-feira. O MP informou que irá investigar os casos.

RUI AFIRMA NÃO TEMER IMPOPULARIDADE
RUI AFIRMA NÃO TEMER IMPOPULARIDADE

O governador do estado, Rui Costa, reconduzido ao cargo na eleições de 2018, afirmou, em entrevista ao jornal Valor Econômico, não temer impopularidade, em função das duras medidas de austeridade, enviadas pelo executivo estadual à Assembleia Legislativa da Bahia (AL/Ba).

Do pacote consta uma série de medidas que, na avaliação de representantes do funcionalismo, penalizam a categoria, sendo a mais controversa o aumento na contribuição da alíquota previdenciária, de 12% para 14%.

De acordo com o governador:

“A reforma que eu fiz em 2014 [com Jaques Wagner, após a eleição] foi maior e mais forte. Eu não teria sido reeleito com 75% dos votos se isso tivesse afetado [a popularidade]. As pessoas querem saber da verdade, estão cansadas da política feita com demagogia. Eu ando nas ruas com tranquilidade, encontro pessoas aposentadas, e às vezes me dizem que estão sem reajuste. Eu digo que estou fazendo de tudo para não atrasar um dia sequer o seu salário e para garantir que receba a aposentadoria. Acho que quando você demonstra sinceridade, é verdade, as pessoas podem não gostar; todo mundo só gosta de notícia boa. Mas elas compreendem”.