BAHIA INVEST

ARENA FONTE NOVA SEDIARÁ MAIOR COMPETIÇÃO DE CROSSFIT DO NORTE/NORDESTE
ARENA FONTE NOVA SEDIARÁ MAIOR COMPETIÇÃO DE CROSSFIT DO NORTE/NORDESTE

Os gigantes do Crossfit irão invadir a Arena Fonte Nova, em Salvador, entre os dias 14 e 15 de abril. Mais de 400 atletas de todo o país já confirmaram presença no Arena Challenge 2018, evento que consolida a Bahia no calendário das grandes competições nacionais. Mais de duas mil toneladas de equipamentos serão utilizados no Arena Challenge, que já é considerado o maior torneio da modalidade no Norte/Nordeste.

O Arena Challenge 2018 é promovido pela Arena Fonte Nova e 2GB Produtora. Os amantes do CrossFit já podem adquirir os ingressos para assistir as competições, que custam R$ 40 e podem ser adquiridos pelo site www.arenachallenge.com.br ou nas lojas South dos shoppings Bela Vista, Center Lapa, Paralela, Piedade, Salvador e Salvador Norte.

A competição será dividida por times masculinos e femininos, com até três competidores por equipe, subdivididos em três categorias: Scaled, Intermediária e RX. No caso do desafio individual, as categorias serão RX Masculino e Master Masculino, estes para atletas a partir de 38 anos completos. Considerado “o esporte do século XXI”, o CrossFit foi criado em 2000 pelo ex-ginasta Greg Glassman e já reúne milhares de adeptos no mundo inteiro. É um programa de treinamento de condicionamento físico e força. Todos os exercícios são baseados em movimentos funcionais, e refletem aspectos da ginástica, halterofilismo, corrida, remo, entre outros.

‘QUEREMOS ABRIR PORTAS PARA EMPRESAS BAIANAS NOS EUA’, DIZ CÔNSUL GERAL
'QUEREMOS ABRIR PORTAS PARA EMPRESAS BAIANAS NOS EUA', DIZ CÔNSUL GERAL

Os Estados Unidos querem mais baianos. Estudantes baianos nas escolas e universidades, turistas baianos viajando. Querem muito mais empresas baianas – seja exportando para lá, seja criando filiais no país. “É uma oportunidade única”, diz o cônsul geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, James Story.

Desde 2015, ele está à frente do consulado, que, além do Rio, também engloba a Bahia e o Espírito Santo. Nesse período, reforçaram projetos como os de ensino de inglês nas escolas públicas e agilizaram o processo dos vistos para quem não vive no Rio de Janeiro. “A troca de experiências, as viagens fazem a base da diplomacia. Queremos mais turistas norte-americanos no Brasil e mais brasileiros lá”, defende.

Um dos objetivos do cônsul é atrair mais empresas baianas para participar do programa SelectUSA, que acontecerá em junho, em Washington. De acordo com ele, três mil companhias estrangeiras já participaram da conferência, que oferece informações e mentoria para quem quer investir nos EUA. Os participantes vão aprender desde vantagens de taxas de importação e exportação a como contratar trabalhadores no país. No entanto, só 2% do que o Brasil investe nos EUA vêm de empresas baianas.

“Queremos abrir mais portas para empresas baianas nos EUA. Para as pessoas que querem internacionalizar seu trabalho, é imprescindível participar do Select USA”, diz ele, em português fluente. Apaixonado pelo Brasil, o cônsul passou a maior parte da carreira diplomática na América Latina – só aqui, está na terceira missão, mas já viveu na Colômbia e no México. Conhece todos os países do continente e, antes de ser diplomata, morou na Costa Rica. (Correio)

 

BAHIA GANHA COMISSÃO DA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE
BAHIA GANHA COMISSÃO DA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE

A Comissão Baiana da Cadeia Produtiva do Leite foi criada nesta terça-feira, 10, em reunião realizada na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia, em Salvador. Os trabalhos vão ser coordenados pelo Sistema FAEB/SENAR, com participação de representantes do governo do Estado, setor produtivo, universidades, entidades de classe e instituições privadas ligadas ao agro. “A criação do grupo foi uma proposta do Sistema FAEB, pelo enorme potencial que a atividade possui. A pecuária de leite é muito importante para o estado e tem um futuro promissor, já que está presente em praticamente todos os municípios baianos”, ressaltou o presidente da FAEB, Humberto Miranda.

Ele destacou ainda que essa Comissão vem para suprir uma demanda antiga do segmento. “Em nossas caminhadas pelo interior do estado, ouvimos muitas cobranças em relação a políticas públicas, organização dos criadores em associações e cooperativas, assistência técnica e extensão rural, principalmente para os pequenos produtores, que são maioria nesta cadeia. A ideia é mudar essa realidade”, explicou.

O objetivo principal da Comissão é tornar a Bahia autossuficiente na produção de leite (atualmente há um déficit de 1,3 bilhão de litros por ano para consumo interno da população). A meta também é promover a modernização gerencial e tecnológica da cadeia, incentivar o cooperativismo, o empreendedorismo e fortalecer a integração econômica e produtiva do leite. Dessa maneira, será possível aumentar a geração de emprego e renda, promovendo a fixação do homem no campo.

A Bahia tem o sétimo maior rebanho de vacas ordenhadas do Brasil (880 mil vacas) e produz 858 milhões de litros de leite/ano, o que é equivalente a 2,55% da produção nacional. O estado é o maior produtor de leite do Nordeste, com 22,8% de participação regional. No entanto, ainda apresenta produtividade de vaca por lactação de 975 litros vaca/ano, número inferior em comparação aos estados do Ceará, Sergipe, Alagoas e Pernambuco (a média nordestina é de 1076 litros por vaca/ano).

 

POLÍTICOS BUSCAM MELHORIAS E INVESTIMENTOS PARA GUANAMBI
POLÍTICOS BUSCAM MELHORIAS E INVESTIMENTOS PARA GUANAMBI

Com o objetivo de buscar mais investimentos e melhorias no acesso à saúde no município de Guanambi, o prefeito Jairo Magalhães e a deputada Ivana Bastos se reuniram com o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, na manhã desta segunda-feira (09). Também estavam presentes na audiência, o secretário municipal de Saúde, André Moitinho, e o diretor Clínico do Hospital Regional, Túlio César.

Durante a audiência, o prefeito solicitou o apoio do Governo do Estado para ampliação dos serviços de saúde como forma de melhor atender a população. “Nós estamos empenhados para trabalhar em parceria para que a população possa ter o melhor tratamento possível”, pontuou Jairo Magalhães.

O secretário se colocou à disposição junto à prefeitura discutir sobre uma futura implantação de duas unidades de Pronto Atendimento no município. A iniciativa levaria mais pontos de acesso à saúde, descentralizando o grande fluxo de pacientes da UPA.

 

EDITAL DA PPP DE ILUMINAÇÃO EM SALVADOR PREVÊ INVESTIMENTO DE R$ 1,5 BILHÃO
EDITAL DA PPP DE ILUMINAÇÃO EM SALVADOR PREVÊ INVESTIMENTO DE R$ 1,5 BILHÃO

O edital de licitação de Parceria Público Privada para concessão da administração da Rede de Iluminação Pública de Salvador já está disponível para consulta pública na Internet, nos endereços www.compras.salvador.ba.gov.br e www.pppiluminacaopublica.salvador.ba.gov.br. Fruto de um processo participativo de elaboração, o documento prevê um investimento de pouco mais de R$ 1,5 bilhão para a contratação da empresa que será responsável pela modernização, otimização, operação, manutenção e controle remoto do parque luminoso da capital.

Pode participar da concorrência qualquer pessoa jurídica, isolada ou em conjunto, inclusive por meio de consórcios, desde que atenda as condições previstas no edital. Um dos requisitos é o valor de patrimônio líquido mínimo necessário no valor de R$80 milhões para empresas isoladas, e de R$100 milhões, no caso de consórcio, valor resultante do somatório de cada consorciado. Todas as exigências e documentação necessária podem ser conferidas no edital.

Os critérios para a seleção da empresa gestora é a técnica e o preço. Com a concessão da rede de iluminação pública, a Prefeitura, por meio da Diretoria de Iluminação Pública (DSIP), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública, espera promover uma grande modernização do sistema na cidade em um prazo de cinco anos, algo que, sem a concessão, só seria possível em aproximadamente 15 anos.

GOVERNO INAUGURA NOVO HOSPITAL NA CAPITAL ATÉ PRÓXIMO MÊS DE JUNHO
GOVERNO INAUGURA NOVO HOSPITAL NA CAPITAL ATÉ PRÓXIMO MÊS DE JUNHO

As obras do Novo Hospital Couto Maia, no bairro de Cajazeiras, em Salvador, estão 90% concluídas, com previsão de entrega pelo Governo do Estado em até 60 dias. No domingo (8), após participar da assinatura da ordem de serviço para a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS), em Pirajá, também na capital, o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, visitou o local.

“Verifiquei todas as instalações e reforcei com a equipe o cumprimento do prazo de entrega”, afirmou Vilas-Boas. Segundo ele, com o investimento superior a R$ 110 milhões, este será o maior e mais moderno hospital de doenças infecciosas do País com 120 leitos, incluindo UTI pediátrica e adulta, enfermarias com leitos de isolamento, além de salas cirúrgicas.

O hospital está sendo construído por meio de um inovador regime de Parceria Público-Privada (PPP), que garantirá, além da construção, a aquisição dos equipamentos e também a gestão dos serviços não clínicos (denominada bata cinza). “Esta é a terceira experiência de PPP na saúde da Bahia, o que coloca o estado como a maior experiência do Brasil nesse modelo de contratação”, enfatizou o secretário.

CONGRESSO ANALISA VETOS AO REFIS RURAL E DE PEQUENOS EMPRESÁRIOS
CONGRESSO ANALISA VETOS AO REFIS RURAL E DE PEQUENOS EMPRESÁRIOS

 

O Congresso Nacional se reúne nesta terça-feira (3) para analisar os 16 vetos presidenciais que estão na pauta conjunta de deputados e senadores. De acordo com o presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), os parlamentares devem se concentrar na análise de dois projetos que causam impacto econômico aos cofres públicos: o que trata do Refis das micro e pequenas empresas e o do Funrural.

Embora tenha vetado integralmente o projeto de lei que institui o refinanciamento dos débitos de micro e pequenos empresários, o presidente Michel Temer já se comprometeu com a derrubada do próprio veto. O alongamento das dívidas foi aprovado em dezembro pela Câmara e pelo Senado, mas foi vetado após argumentos da equipe econômica de que as empresas beneficiadas já têm um regime tributário diferenciado, que é o Simples Nacional.

A proposta que dá descontos para os produtores rurais liquidarem suas dívidas previdenciárias tem o apoio da bancada ruralista, que quer a derrubada dos vetos. Os principais itens rejeitados pelo presidente são o que concede perdão integral das multas e encargos e o que reduz as contribuições previdenciárias dos produtores rurais que administram empresas.

Também constam na pauta vetos a outros projetos que tratam de regimes diferenciados de cobrança de impostos: o Regime Especial de Tributação para Desenvolvimento da Atividade de Exibição Cinematográfica (Recine) e o regime especial de importação de bens utilizados na exploração e produção de petróleo e gás natural. Além disso, devem ser analisados nos próximos dias mudanças na proposta que reformula a carreira dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias e ao texto que veda o contingenciamento de recursos do Fundo Partidário.

ARENA FONTE NOVA RECEBE UNIDADE MÓVEL DA HEMOBA
ARENA FONTE NOVA RECEBE UNIDADE MÓVEL DA HEMOBA

Para estimular a doação voluntária de sangue e o cadastro no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), a Arena Fonte Nova recebe a unidade móvel de coleta (Hemóvel) da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). O atendimento itinerante acontece entre os dias 20 a 23 de março, das 8h às 17h, no Estacionamento VIP da Arena, com acesso pela Rua Fonte das Pedras, no Portão Oeste 2, localizado na Rua Anfrísia Santiago. A ação é uma iniciativa da Coordenação do Curso de Enfermagem de dos estudantes do Grau Técnico Fonte Nova, com apoio do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (COREN-BA) e da TV Aratu.

A expectativa da Hemoba é aproveitar o fluxo de pessoas para captar novos doadores, além de sensibilizar a população sobre a importância de doações regulares. Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, estar bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura. O doador precisa ter idade entre 16 e 69 anos e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. Os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. Doar sangue é simples, rápido e seguro, além de ser um ato que salva vidas.

BIBLIOTECA DOS BARRIS PASSA POR OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO
BIBLIOTECA DOS BARRIS PASSA POR OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO

As obras de requalificação da Biblioteca Central do Estado da Bahia, localizada nos Barris, em Salvador, seguem em ritmo contínuo. No último sábado (17), foi realizada uma vistoria para conferir o andamento da intervenção. Realizadas por determinação do governador Rui Costa, as obras começaram a ser executadas neste mês de março.

 

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) destinou R$ 1,2 milhão para a realização de uma série de serviços. Entre as ações estão a reforma dos sanitários, que já foi iniciada, e da fachada e das esquadrias, que começam na próxima semana. Em seguida, ocorrem as intervenções na estrutura elétrica, sistema de climatização e cobertura.

 

De acordo com o cronograma estabelecido por uma comissão de técnicos das secretarias estaduais de Cultura (Secult) e da Administração (Saeb), bem como da Fundação Pedro Calmon (FPC) – que administra o equipamento cultural -, as obras de requalificação serão concluídas em julho deste ano.

LEIS DE INCENTIVO À INOVAÇÃO DEVEM ESTIMULAR A CRIAÇÃO DE STARTUPS
LEIS DE INCENTIVO À INOVAÇÃO DEVEM ESTIMULAR A CRIAÇÃO DE STARTUPS

O Governo Federal regulamentou na última quinta-feira, 8, medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. O decreto já foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) e tem aplicação imediata.

Para o advogado Fabio Sertori, sócio da área de Infraestrutura do escritório Cascione, Pulino, Boulos & Santos e sócio fundador da think tank Startup 4 Cities, o decreto irá facilitar o trabalho de empresas inovadoras e startups voltadas para o desenvolvimento de soluções aplicadas ao aumento da competitividade no setor industrial, além de estimular o surgimento de outros produtos e processos inovadores. O texto regulamenta as Leis 10.973/2004 e 13.243/2016, que trazem o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Fabio Sertori ressalta que, além do decreto federal, apenas o Estado de São Paulo já havia regulamentado o marco legal. Para Sertori, o texto da União é mais flexível do que o estadual: “O decreto federal regulamenta com clareza a

participação das agências de fomento e empresas públicas/de economia mista como investidoras diretas em empresas públicas de inovação ou por meio de fundos de venture capital. Também confere flexibilidade na disciplina da propriedade intelectual decorrente de projetos apoiados pelo governo. O do estado de SP é mais tímido em relação a esses temas”, analisa.

Segundo o advogado, a União poderá ser investidora minoritária em projetos de inovação atrelados ao aumento da produtividade por meio de inovação na indústria e no setor de serviços. Além de regular as fontes de financiamento, o decreto abre oportunidades para a geração de ambientes promotores de inovação, seja colocando prédios públicos e laboratórios de pesquisa à disposição do ecossistema de inovação e empresas, seja organizando coworkings públicos. Em outra frente, o decreto federal promove o desenvolvimento de pesquisas aplicadas à produção com isenção aduaneira para a importação de insumos e permite a contratação de encomenda tecnológica sem licitação para o desenvolvimento de produtos e serviços com empresas inovadoras.

“Não é PPP (Parceria Público-Privada), não é concessão, é um instrumento jurídico que permite a formação de alianças estratégicas entre Governo e a iniciativa privada, com investimentos e transferência de tecnologia, entre instituições públicas e empresas de inovação, viabilizando patentes e produtos. É muito flexível e avançado”, afirma Sertori.