CHEFE DO LEGISLATIVO DECLARA-SE PRESIDENTE DA VENEZUELA

CHEFE DO LEGISLATIVO DECLARA-SE PRESIDENTE DA VENEZUELA

Please enter banners and links.

O presidente da Assembléia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, 35 anos, se auto declarou presidente interino da Venezuela na sede das Nações Unidas, em Caracas. A assembléia é formada por maioria opositora e não aceita a ditadura de Nicolás Maduro. De acordo com Guaidó, ele se apoiou nos artigos 233, 333 e 350 da Carta. O 233 garante o afastamento do presidente caso seja confirmada a sua incapacidade física ou mental. Já o número 333 garante a “qualquer cidadão, investido ou não de autoridade, de colaborar para restaurar o respeito a Carta”. Por fim, o artigo 350 permite que se “desconheça qualquer regime, legislação ou autoridade que contrarie os valores, princípios e garantias democráticas ou que viole os direitos humanos”. Ele afirmou que Maduro é um usurpador. Guaidó pretende convocar eleições gerais. “Convocamos também as Forças Armadas e a comunidade internacional a apoiar-nos para que se cumpram esses artigos”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.