QUATRO DICAS PARA CONTROLAR A OLEOSIDADE DA PELE DURANTE O VERÃO

QUATRO DICAS PARA CONTROLAR A OLEOSIDADE DA PELE DURANTE O VERÃO

Durante o verão, é normal a pele adquirir um aspecto oleoso, pois o calor estimula as glândulas sebáceas e intensifica a produção de sebo, que atua como uma proteção devido a maior exposição solar. “A geração dessa oleosidade é uma forma de defesa do organismo, que funciona como uma barreira para proteger a pele da exposição aos raios solares, e também para preservar a hidratação, já que durante essa estação há um aumento de suor”, explica Thaís Carvalho, fisioterapeuta dermato-funcional da Onodera Estética.

A especialista indicou alguns cuidados que devem ser tomados para manter uma aparência mais seca e saudável e aproveitar os dias ensolarados sem preocupação. Confira:

Limpeza – Devido a maior produção de sebo, é preciso se atentar a higiene da pele. O acúmulo de impurezas pode obstruir os poros e causar acne. Vale ressaltar que a limpeza em excesso pode causar efeito contrário e aumentar a oleosidade. Dessa forma, realize duas limpezas ao dia e escolha produtos específicos para o seu tipo de pele.

Proteção Solar – A exposição aos raios ultravioletas sem proteção pode causam manchas, câncer de pele, além de deixar a pele mais ressecada. Para evitar esses problemas, use filtro solar especifico para pele oleosa, pois o produto possui ação antiumidade e ajuda a controlar a o brilho em excesso.

Hidratação – A pele ressecada estimula a produção das glândulas sebáceas, por isso é importante manter a hidratação. “Escolha hidratantes livres de óleo e com textura leve, como sérum ou gel. Uma dica é deixar a hidratação para fazer durante a noite, porque a pele está descansando das agressões sofridas pelos raios solares”, recomenda Thaís.

Maquiagem – Uso excessivo de maquiagem sem a remoção correta obstrui os poros e provocar aumento de oleosidade. “Durante o verão o indicado é optar por produtos mais leves. Utilizar protetor solar com cor é uma boa opção, pois protege a pele e cobre manchas e imperfeições”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *