UPB QUALIFICA 6500 PREFEITOS E TÉCNICOS NOS PRIMEIROS DOIS ANOS DE GESTÃO EURES

UPB QUALIFICA 6500 PREFEITOS E TÉCNICOS NOS PRIMEIROS DOIS ANOS DE GESTÃO EURES

Please enter banners and links.

As principais dúvidas na administração pública, desde a gestão de recursos, prestação de contas junto aos órgãos de controle, planejamento, até a elaboração e aprovação de projetos de captação de recursos foram sanadas nos eventos de capacitação realizados pela UPB, durante os primeiros dois anos de gestão do presidente da entidade Eures Ribeiro. Neste período, somaram-se cerca de 30 eventos realizados em cidades polo da Bahia, qualificando mais de 6.500 prefeitos e técnicos municipais nas áreas de administração, planejamento, financeiro e controle.

O UPB Itinerante, em parceria com o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA) orientou os técnicos municipais a respeito de licitações, índices, contratos e prestações de contas, favorecendo uma administração mais legalista e responsável por parte de quem apoia os prefeitos nas tarefas cotidianas da gestão. Já o UPB Debate trouxe a posição de órgão e entidades na busca por soluções para saúde, educação, meio ambiente e transporte escolar.

Compromisso que marcou também o UPB Capacita, ao deslocar os técnicos da UPB para atender a demanda extraordinária dos municípios, com soluções administrativas e jurídicas, financiamento educacional, planos de carreira, regularização fundiária e a reforma tributária.

“Nos últimos dois anos, os municípios baianos alcançaram conquistas e mostraram o poder da união. Trabalhamos para capacitar prefeitos por acreditamos que uma gestão de qualidade de faz com de conhecimento. Foi a primeira vez que a UPB teve uma reeleição com chapa única. Isso mostra a unidade entre os prefeitos e que estamos no caminho certo. O segundo mandato significa compromisso renovando Temos novos desafios pela frente que precisam de dedicação.”, Eures Ribeiro.

Em 2017 e 2018, a coordenação de Engenharia e Arquitetura da UPB elaborou cerca de 700 projetos arquitetônicos e de engenharia para as prefeituras baianas, que tiveram impacto direto na redução de custos com obras municipais, a exemplo de escolas, praças e creches.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.