COM MANIFESTAÇÃO DE PROFESSORES, DEPUTADOS SE REÚNEM PARA VOTAR REDUÇÃO DA  GRATIFICAÇÃO

COM MANIFESTAÇÃO DE PROFESSORES, DEPUTADOS SE REÚNEM PARA VOTAR REDUÇÃO DA  GRATIFICAÇÃO

A Assembleia legislativa da Bahia amanheceu mais uma vez sobre protesto. Dessa vez foram os professores que se reuniram para evitar que o novo projeto de lei do governo do estado reduza o valor da gratificação dos servidores. A pauta está marcada para hoje e deve ser votada a qualquer momento.

O coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB), Rui Oliveira rebateu a declaração que o líder do governo, Zé Neto (PT), deu ao site Metro 1, dizendo que as gratificações “não dão resultado” na educação. “Esse deputado não entende nada de educação. Na verdade, ele é um leva e traz”, disse Oliveira sobre o petista.

A Alba deve votar nesta segunda uma série de projetos. Um deles é o que exclui do Estatuto do Magistério Público do Ensino Fundamental e Médio do Estado da Bahia as gratificações de 5% a 10% para cursos com duração inferior a 360 horas e também reduz o benefício ofertado a profissionais com mestrado (de 20% para 15%) e doutorado (de 25% para 20%).

Também estão na pauta da Casa a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do teto salarial, que limita os pagamentos de salários ao valor recebido pelo governador Rui Costa (PT), e mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deste ano. Após a apreciação das matérias, os deputados estarão liberados para entrar em recesso de fim de ano. As informações são do portal Metro1, Bahianotícias e Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.