PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR BAIANA DESEMBARCAM NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA EM SÃO PAULO

PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR BAIANA DESEMBARCAM NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA EM SÃO PAULO

Os saborosos beijus de coco, bananas chips, farinha de mandioca, licuri e derivados, cafés especiais, amêndoas de castanha de caju, palmito, nibs de cacau, são alguns dos produtos de cooperativas da agricultura familiar da Bahia que estarão à disposição do público do maior congresso de gastronomia da América Latina, o Mesa São Paulo, que começa nesta sexta-feira (9) e segue até o domingo (11), no Memorial da América Latina, com o tema Cozinha que  Emociona.

A programação contará com a participação de chefs de cozinha do Brasil e do mundo, produtores e especialistas em diversas áreas da gastronomia. Durante o evento, serão realizadas palestras, aulas, workshops e degustações.

Participam do evento as cooperativas de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã (Coopiatã), de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju), de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia (Coopalm) e um representante do Assentamento Dois Riachões.

Esse é o terceiro evento internacional realizado em 2018, que o Governo do Estado apoia com o objetivo de divulgar e promover os produtos da agricultura familiar da Bahia.  No mês de junho, 12 cooperativas apresentaram seus produtos na maior feira de produtos naturais da América Latina, a Naturaltech 2018, realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

O sabor peculiar da produção rural de cooperativas baianas também chegou à Europa. Empreendimentos da agricultura familiar participaram da 12ª edição do Terra Madre Salone del Gusto, maior evento internacional dedicado à cultura alimentar, realizado na  cidade de Turim, Itália, no último mês de setembro.

A participação das cooperativas nesses eventos integra a estratégia do Governo do Estado de apoiar as organizações produtivas da agricultura familiar para que seus produtos possam ser posicionados em novos mercados, promover o aumento da comercialização e, consequentemente, a renda dos agricultores familiares. A ação é desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *