LIMINAR PROÍBE TRANSFERÊNCIA DE IMÓVEL PARA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA

LIMINAR PROÍBE TRANSFERÊNCIA DE IMÓVEL PARA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA

Decisão liminar proferida pelo juiz José Goes, da Fazenda Pública de Juazeiro, suspendeu todos os atos de doação e ou transferência de imóveis para o Instituto de Previdência dos Servidores da cidade do norte baiano. De acordo com a decisão, sob pena de multa de R$ 150 mil, o Município não deve promover atos de transferência de bens. Segundo a oposição, o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB) pretende “cobrir” um rombo no IPJ. “A todos os cartórios desta comarca e especificamente de Juazeiro que suspenda qualquer ato de transferência que tenha como objeto o Município de Juazeiro e o Instituto de Previdência de Juazeiro até decisão final deste Juízo”, determina o magistrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *